domingo, 24 de maio de 2020

Ice Cube - Death Certificate (1991)

GÊNERO: Rap
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Ice Cube - O'Shea Jackson (Vocal)
DJ Pooh - Mark Jordan (Pick-up)
.
Este é o segundo álbum lançado pelo artista, através dos selos Priority e Lench Mob, e foi gravado no estúdio Paramount. Considero este o melhor trabalho do artista, é um álbum conceitual, sendo que o lado A do LP se chama o lado da morte, e o lado B se chama o lado da vida. Eu, particularmente, prefiro o lado da vida, é onde estão as melhores faixas! É um álbum muito bem aclamado pela crítica, chegando ao primeiro lugar nas paradas de R&B, mas, ao mesmo tempo, é um álbum bastante polêmico, já que muitos alegam ser um álbum preconceituoso, anti brancos, além de ter servido de motivação para os protestos de 1992 quando da morte do civil Rodney King. Muitos samples excelentes, com muito groove e funk, ótima mixagem, valorizando os graves, que fazem toda a diferença no arranjo. Ainda soa como o rap do final da década de 80, o que já está escasso no álbum seguinte. Esta versão conta com uma faixa bônus, lançada originalmente na trilha sonora de Boyz N The Hood, traduzido para o português como Os Donos Da Rua, filme no qual o próprio Ice participa como ator, no papel de Doughboy, sendo o seu primeiro trabalho em filmes.
.
FAIXA A FAIXA:
1) The Funeral. Uma introdução, com falas e diálogos, quase como um filme, mostra o conceito do lado A, o lado da morte. Participação de Khallid Muhammad e sua voz.
2) The Wrong Nigga To Fuck Wit. Considero esta uma das melhores faixas do álbum, bastante peso nos graves, com bom groove e um bom arranjo, o destaque está justamente no arranjo, embora a expressão vocal mereça destaque.
3) My Summer Vacation. Uma boa faixa, mais dançante e menos pesada, mas com um grave "de responsa", bem evidente e realmente grave! O sample fica por conta da música Atomic Dog, de George Clinton.
4) Steady Mobbin'. Outra boa faixa, que é uma das faixas de divulgação do álbum, pois possui videoclip de divulgação. Mais dançante que a faixa anterior, esta, embora possua o baixo bem evidente, não tem tanto grave, sendo o sample por conta da música Reach Out, do grupo Average White Band.
5) Robin Lench. Mais uma faixa com diálogos e sem música. Desta vez o texto se refere a um discurso de uma espécie de pregador.
6) Givin' Up The Nappy Dug Out. Considero esta a melhor faixa do álbum, com um ótimo embalo e groove, uma linha de baixo bem minimalista, mas contagiante, bastante expressão na voz. O sample, desta vez, fica por conta da música Hip-Hug-Her, de Wilson Pickett.
7) Look Who's Burnin'. Outra excelente faixa, com uma linha de baixo contagiante. Mais uma vez um bom groove, com um refrão muito bem arranjado. A semi-frase constante do saxofone e do piano são outros destaques. O sample é por conta da música Claudine, do grupo Gladys Knight And Pips.
8) A Bird In The Hand. Outra excelente faixa, com destaque para o sample do piano. Mais uma vez a expressão vocal agressiva de Ice merece destaque, bem como o arranjo e seu trabalho de dinâmica.
9) Man's Best Friend. Uma boa faixa, mas não das melhores. Uma introdução hipnótica, uma boa levada rítmica, apesar de mais lenta e menos pesada que as faixas anteriores. O vocal não está tão agressivo, também. O destaque está na linha minimalista e constante do baixo.
10) Alive On Arrival. Mais um arranjo bem pesado, com um grave sepulcral, além de um bom ritmo. Bons arranjos, meticulosamente calculados, ajudam a deixar o arranjo interessante.
11) Death. Aqui finaliza o lado da morte! Mais uma vez com a participação de Khallid Muhammad e sua voz. Desta vez com um arranjo musical de fundo. Arranjo bastante interessante!
12) The Birth. Esta faixa funciona como uma introdução para o lado da vida. São diálogos de um nascimento, bebê chorando, uma base de fundo, com uma excelente linha de baixo e um ótimo ritmo. Mais uma vez Khallid Muhammad participa com sua voz.
13) I Wanna Kill Sam. Aqui já se percebe a diferença entre os dois lados, este mais parecido com o rap do final dos anos 80. Excelente sample, ritmo e, principalmente, a linha de baixo, além de um bom arranjo, sendo um dos destaques.
14) Horny Lil' Devil. Mais uma faixa com os graves bem evidentes. O destaque está, justamente, no baixo, embora o embalo mereça destaque, também, bem como a expressão da voz.
15) Black Korea. Considero esta uma das melhores faixas do álbum, principalmente devido ao seu embalo e a linha de baixo hipnótica e bem evidente, além de possuir um bom arranjo. Esta faixa é bem polêmica, sendo taxada como preconseituosa.
16) True To The Game. Mais uma faixa que possui videoclip de divulgação. Uma boa faixa, mais dançante, mas com, mais uma vez, uma excelente linha de baixo e os graves bem evidentes que, aliás, é o destaque da composição. O sample fica por conta da música Outstanding, do grupo Gap Band.
17) Color Blind. O grande destaque está no groove e na linha do baixo, com destaque para o embalo da bateria. Não muito veloz e agressiva, mas bem hipnótica, em especial, devido à linha do baixo. O sample é por conta da música de mesmo nome, do grupo Meters.
18) Doing Dumb Shit. Aqui começa a melhor seqüência do álbum, na minha opinião. Excelente faixa, considero uma das melhores do álbum, com muito groove e funk! Uma linha de baixo em staccato, com muito swing, que é elevado devido aos instrumentos de sopro. O sample é por conta da música Funkentelechy, do grupo Parliament.
19) Us. Outra faixa que considero das melhores do álbum. Mais uma vez o grave está bem evidente, existindo excelentes samples de piano, também. Outra linha de baixo bem minimalista, que é o destaque, na minha opinião.
20) No Vaseline. Mais uma faixa que considero das melhores do álbum. Bem dançante, com graves em evidência, mais uma vez. Esta possui sample da música Dazz, do grupo Brick. Bom embalo e boa expressão do vocal.
21) How To Survive In South Central. Esta é a faixa bônus do álbum, e a considero uma das melhores! O grande destaque está, mais uma vez, no baixo, bem grave, existindo eventuais "aparições" de uma guitarra com bastante swing.
Ouça o álbum e ganhe seu certificado de morte!

Nenhum comentário :

Postar um comentário