segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Calabrese - 13 Halloweens (2005)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: EUA (Phoenix-M.C. / Arizona)
FORMAÇÃO:
Bobby Calabrese (Vocal, guitarra)
Jimmy Calabrese (Vocal, baixo)
Davey Calabrese (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais.
.
DESTAQUE: One Of Us
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-B-A-C-A'. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: F5-C5-B5-Eb5, em B: F5-B5, e em C: B5-Db5-F5.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Butt Spencer - Tira Gosto (1998)

GÊNERO: Ska Core
ORIGEM: Brasil (Joinville / Santa Catarina)
FORMAÇÃO:
Rodrigo Brum (Vocal)
Somália - Charles Alandt (Saxofone tenor)
João Paulo Vexani (Trombone de vara)
Rafael Zimath (Guitarra)
Mauricio Ramos (Baixo)
Lauro Moraes Neto (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência e acentos no contratempo, bem como frequentes síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos dos sopros.
.
DESTAQUE: Pobre Vs. Rico
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-A-C-B. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado devido às quiálteras existentes em B e execuções no contratempo em C, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VI-IV-V, em B: V-VI-IV-III-II-I, e em C: I-VI-IV-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pelo baixo enquanto a guitarra solta o power chord do primeiro grau.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Burn Out - Out Of Time (2002)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: França
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à pausas de pequena duração e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais.
.
DESTAQUE: Hate
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma I-A-B-A-B-C-D-E-B'. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à pausas de pequena duração e acentos no contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VI-VII-I-IV-V-I-VI-VII-I-III-IV, em B: I-VII-VI-VII, em C: I-V-VI-III-VII, em D: I-VI-III-VII, e em E: I-VI-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado pelo baixo e bateria, enquanto as guitarras largam o power chord do primeiro grau.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Bouncing Souls - BYO Split Series Volume IV (2002)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: EUA (New Brunswick-M.C. / Nova Jersey)
FORMAÇÃO:
Greg Attonito (Vocal)
Pete Steinkopf (Guitarra)
Bryan Keinlen (Baixo)
Michael McDermott (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Greg Attonito.
.
DESTAQUE: No Security
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma A-B-A-B-A'-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à acentos deslocados do tempo forte e pausas de pequena duração, tudo em A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, possuindo um acorde de passagem oriundo de um empréstimo tonal, sendo em A: I-VI-III-VII-IV-VII-III/vii, e em B: V-VI.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Bodyjar - Bodyjar (2005)

GÊNERO: Pop Punk
ORIGEM: Austrália (Melbourne / Victoria)
FORMAÇÃO:
Cameron Baines (Vocal, guitarra)
Tom Read (Guitarra)
Grant Relf (Baixo)
Shane Wakker (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo da afinação padrão. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, bem como eventuais antecipações e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes intervalos de terça e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Lights Out
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor), e forma I-A-B-C-A'-B-C-A'-D-A'-D. O ritmo possui certa densidade, principalmente devido à pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como um acorde de passagem (quarto grau) oriundo de empréstimo modal, e frequentes intervalos de terça e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: i-IV-v, em B: i-VI-V, em C: i-VI, e em D: III-v-IV-v. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente. Entre D e A' existe uma ponte, onde nada mais é do que A executado com arranjo diferente, inclusive, da introdução.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Body Count - Body Count's In The House (1993)

GÊNERO: Rap Core
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Ice-T (Vocal)
Ernie C. (Guitarra)
D-Roc (Guitarra)
Mooseman (Baixo)
Beatmaster V (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo da afinação padrão. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadências, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, antecipações, quiálteras, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, executados, às vezes, de maneira arpejada, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Beatmaster V.
.
DESTAQUE: There Goes The Neighborhood
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-C-A'-D-E-A''-F-B-C-A'''. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, antecipações, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em B: F5-Ab5-F5-B5, em C: F5-Eb5-F5-B5, em D: F5-C5-B5-Ab5-G5-B5-Db5-Eb5-E5-Gb5, e em E: Ab5-Gb5-E5-Eb5. A é executado com um riff com a seguinte sequencia de notas: Fá-Láb-Fá-Si-Sib-Si-Sib-Láb-Sib-Láb-Fá-Mib. A introdução nada mais é do que o riff de A executado de maneira solo pela guitarra. F é executado de maneira solo pela bateria.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Bob Dylan - Flashing For The Refugees (1987)

GÊNERO: Folk
ORIGEM: EUA (Duluth-S.L.C. / Minnesota)
FORMAÇÃO:
Bob Dylan (Vocal, violão, gaita de boca)
Tom Petty (Guitarra)
Mike Campbell (Guitarra)
Benmont Tench (Teclado)
Howie Epstein (Baixo)
Stan Lynch (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 90 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com eventuais acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Maggie's Farm
Música com compasso quaternário, tonalidade de G (Sol Maior), e forma A-B-A-B-A-B-A-B-A'-B'-A-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico da tonalidade original, sendo em A: I, e em B: I-vi-V-I.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Blount - Trauma (1996)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Pensacola-E.C. / Florida)
FORMAÇÃO:
Wes (Vocal, baixo)
Bob (Guitarra)
Craig (Guitarra)
John (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à pausas de pequena duração e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Smell The Shit
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-A-C-B'. O ritmo possui certa densidade, principalmente devido à pausas de pequena duração e acentos no contratempo, bem como frequentes síncopas em C, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes intervalos de terça, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: IV-V-I-IV-V-I-V-IV-VII-IV-V-I, em B: I-III-I-III-VII, e em C: I-VII-VI-III-V.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Blind Justice - Split [59 Times The Pain] (1995)

GÊNERO: Hardcore
ORIGEM: Japão (Tóquio / Kanto)
FORMAÇÃO:
Tetsu Fukagawa (Vocal)
Nobukata Kawai (Guitarra)
Manabu Nakagawa (Baixo)
? (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo possui é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadências, antecipações e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Nobukata Kawai.
.
DESTAQUE: Cross Out
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-A-A'-Coda. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à antecipações em A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo na introdução (I): IV-V-III-IV-III-II-I, em A: I-III-IV-VI-V-III, em B: IV-III-VI-III-IV-III, e na Coda: II-III-II-III-IV-III-I. Entre A e A' existe uma ponte onde nada mais é do que a execução do power chord do quarto grau.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Black Sabbath - Hard Road (1978)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: Inglaterra (Birmingham / West Midlands)
FORMAÇÃO:
Ozzy Osbourne (Vocal)
Tony Iommi (Guitarra)
Geezer Butler (Baixo)
Bill Ward (Bateria)
.
O single possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte e arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura pouco elevada e extensão elevada, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de bateria por Bill Ward.
.
DESTAQUE: Symptom Of The Universe
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A'-B'-A'-B'-C-B-A'-B'-C-D-E-F. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte, antecipações e arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura pouco elevada e extensão elevada, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada, com exceção de F, toda em power chords, existindo constantes riffs de guitarra, em C e D, que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: E5-Bb5, em B: D5-Bb5-A5, em C: F#5-A5, em D: B5, em E: A5-B5, e em F: F#m-B. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra. Existe uma ponte entre E e F onde nada mais é do que a execução do power chord de Lá.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Black Flag - Live: Police Story (1981)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Hermosa Beach-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Henry Rollins (Vocal)
Greg Ginn (Guitarra)
Dez Cadena (Guitarra)
Chuck Dukowski - Gary McDaniel (Baixo)
Roberto Robo Valverde (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, quiálteras e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais dissonâncias, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra por Greg Ginn.
.
DESTAQUE: Depression
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma I-A-B-C-A-B-C-A-B-C-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à um compasso executado em quiálteras, em C, bem como frequentes antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra com dissonâncias, sendo na introdução (I): VI, em A: I-III-IV-III-I-VII-V-III-IV, em B: VII-I-III-IV, e em C: I-VI-VII.

domingo, 8 de janeiro de 2012

Birdflesh - Fishfucked (1997)

GÊNERO: Crust Core
ORIGEM: Suécia (Växjö / Smaland)
FORMAÇÃO:
Magnus Roos Moshbastard (Vocal, baixo)
Achmed Abdulex (Guitarra)
Smattro Ansjovis (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo da afinação padrão. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à frequentes acentos deslocados do tempo forte, bem como eventuais quiálteras, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura baixa e extensão pouco elevada, mantendo a tônica e quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Achmed Abdulex.
.
DESTAQUE: Fishfucked
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-B-A-B-C-D-A-B'-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à acentos deslocados do tempo forte e arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura baixa e extensão pouco elevada, mantendo a tônica e quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo constantes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: Eb5-Ab5-A5-Ab5-Gb-Eb5-Ab5-A5-Ab5, em B: Eb5-Ab5-A5-Ab5-Gb5, em C: Eb5-Ab5-Eb5-A5, e em D: Eb5-Gb5-Eb5-F5.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Bellrays - In The Light Of The Sun (1993)

GÊNERO: Soul
ORIGEM: EUA (Riverside-R.C. / California)
FORMAÇÃO:
Lisa Kekaula (Vocal)
Bob Vennum (Guitarra)
Jim Kerwin (Teclado)
Luis Morgan (Trompete)
John Wollman (Saxofone tenor)
Tony Bramel (Baixo)
Ray Chin (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente devido à pausas de pequena duração, acentos deslocados do tempo forte ou no contratempo, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão elevados, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com eventuais dissonâncias, principalmente acordes com sétima, existindo frequentes acordes de passagem oriundos de empréstimo modal ou tonal. Destaque para os arranjos vocais por Lisa Kekaula.
.
DESTAQUE: Crazy Water
Música com compasso quaternário, tonalidade de G (Sol Maior), e forma I-A-B-C-A-B-C'-A'-B-C''. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variação de cadência em C, pausas de pequena duração e acentos no contratempo em A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha baseada na escala de Sol Mixolídio, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo altura e extensão elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia possui eventuais acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal, bem como eventuais dissonâncias, sendo na introdução (I): I-I7-I13-I7, em A: I-IV/IV-IV, em B: V-IV/IV-IV7, e em C: I-IV/IV-IV-IV/IV. Existe uma ponte após C onde nada mais é do que a execução do acorde do primeiro grau por 2 compassos.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Barnyard Ballers - Rock Out With Yer Cock Out (1995)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: EUA (Seattle-K.C. / Washington)
FORMAÇÃO:
Rich Stahlhut (Vocal, baixo acústico)
Rob Kwait (Guitarra, baixo acústico)
Rick Stojak (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à acentos deslocados do tempo forte e eventuais pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em quetsão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Rob Kwait.
.
DESTAQUE: Use Your Mouth
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-A'-B-A''-B'-A'''-A-A''''-C-A'-B-A''-B'-D-A'''''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo uma transposição tonal, um tom acima, em A'''', bem como acordes de passagem oriundos de cromatismo em C, e frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: G5-Bb5-Db5, em B: G5-Bb5-Db5-E5, em C: D5-E5-Eb5-D5-Db5-C5-B5-Bb5-A5-Ab5-G5, e em D: G5-A5-Bb5-C5-D5-A5.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Banane Metalik - Sex, Blood And Gore 'n' Roll (2005)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: França (Rennes / Brittany)
FORMAÇÃO:
Ced 666 (Vocal)
Bananium (Guitarra)
Boris (Guitarra)
Éric (Baixo acústico)
Greg (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à pausas, variações de cadência, antecipações e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça e dissonâncias, existindo eventuais acordes de passagem, bem como frequentes riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Vade Retro Banana
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-A'-A''-B-Coda. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à Coda e eventuais pausas e variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão elevadas, sendo baseada na escala de Mi menor harmônica, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais dissonâncias na introdução (I), sendo nesta: E5-Em7M-D5-Eb5, em A: Em-C-Bm-Am-Bm-C-D, e em B: Em. A Coda é um fraseado baseado na escala de Mi menor harmônica.