terça-feira, 30 de outubro de 2012

Rebuke - Deadline (2003)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Suécia (Gotemburgo / Västergötland)
FORMAÇÃO:
Pete (Vocal, guitarra)
Phil (Baixo)
Eric (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Pete.
.
DESTAQUE: Rich And Helpless
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-C-A-D-E-F-A-Coda. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como acordes de passagem oriundos de cromatismo, sendo na introdução (I): I-VI-I-VI-IV, em A: I-VI-VII, em B: VI-IV-V-I-VII, em C: I-VII-I-VI, em D: I-VII-VI-VII-Cr, em E: I-VI-IV-V, em F: I-VI-VII-V-I, e na Coda: I. Existem duas pontes: uma após D e outra após E, sendo a execução do power chord do primeiro grau, e a progressão I-Cr-VII-Cr-VI-V, respectivamente.

domingo, 28 de outubro de 2012

Raw Power - Mine To Kill (1989)

GÊNERO: Crossover
ORIGEM: Itália (Reggio Emilia / Emilia Romanha)
FORMAÇÃO:
Mauro Codeluppi (Vocal)
Davide Devoti (Guitarra)
Giuseppe Codeluppi (Guitarra)
Alessandro Paolucci (Baixo)
Fabiano Bianco (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Mine To Kill
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor), e forma I-A-B-A-B-A-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um constante acorde de passagem oriundo do cromatismo do blue note, sendo na introdução (I): I-IV-Cr-IV-I-Cr, em A: I-IV-I-Cr-IV-III, e em B: I-IV-VII. Após a segunda vez de B existe uma ponte onde nada mais é do que dois compassos executados de maneira solo pela bateria.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Raped Teenagers - Your Choice Live Series (1989)

GÊNERO: Skate Punk
ORIGEM: Suécia (Linköping / Östergötland)
FORMAÇÃO:
Patrick Packe Sjösten (Vocal, guitarra)
Ola Fagerberg (Baixo)
Peter Sveden Swedenhammar (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo do padrão. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, síncopas, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como antecipações, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Peter Sveden Swedenhammar.
.
DESTAQUE: Tyst Höst
Música com compasso quaternário, tonalidade de Ebm (Mi bemol menor), e forma A-B-A-B-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-III-I-III-I-VII-I-III-I-III-I-VII-VI-III, e em B: I-V-I-V-VII-III-IV-V.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Rancid - Ruby Soho (1996)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: EUA (Berkeley-A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Tim Armstrong (Vocal, guitarra)
Lars Frederiksen (Vocal, guitarra)
Matt Freeman (Baixo)
Brett Reed (Bateria)
.
O single possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações e arranjos específicos do contrabaixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como riffs de guitarra e frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de contrabaixo por Matt Freeman.
.
DESTAQUE: Disorder And Disarray
Música com compasso quaternário, tonalidade de F (Fá Maior), e forma A-B-C-A'-B-C-A'-B'-C-A'-B''-C-A'-A''-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem oriundo de empréstimo tonal, em C, bem como frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-IV, em B: I-V-IV, e em C: IV/IV-IV-V.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Rancid - B Sides And C Sides (2007)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: EUA (Berkeley-A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Tim Armstrong (Vocal, guitarra)
Lars Frederiksen (Vocal, guitarra)
Matt Freeman (Vocal, baixo)
Brett Reed (Bateria)
.
Álbum lançado em 2007, porém com gravações do período entre 1993 e 2003. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, além de eventuais antecipações e acentos deslocados, bem como arranjos específicos do contrabaixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra e frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de contrabaixo por Matt Freeman.
.
DESTAQUE: Tattoo
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor), e forma I-A-B-A-B-C-B'-Coda. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e arranjos específicos do contrabaixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo na introdução (I): I-III-IV-I-III-IV-VI-V-VI-V-IV-III, em A: I-VI-V-IV-III, em B: VI-III-VII-III, em C: VI-III-IV-I, e na Coda: VII-III-VII-III-I. Sempre após B existe uma ponte, sendo a primeira a execução do power chord do primeiro grau, e a segunda a execução da progressão da introdução com exceção dos três primeiros acordes.

sábado, 20 de outubro de 2012

Ramones - Halfway To Sanity (1987)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: EUA (Nova York / Nova York)
FORMAÇÃO:
Joey Ramone - Jeffrey Hyman (Vocal)
Johnny Ramone - John Cummings (Guitarra)
Dee Dee Ramone - Douglas Colvin (Baixo)
Richie Ramone - Richard Reinhardt (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes de passagem. Destaque para as participações de Debbie Harry no vocal, e Walter Lure tocando guitarra.
.
DESTAQUE: Go Lil' Camaro Go
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma A-B-B'-A-B''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à antecipações em B', mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo constante contracanto em uníssono, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-VII, e em B: I-V-VII-I. Entre A e B'' existe uma ponte onde nada mais é do que uma levada de 4 compassos de maneira solo pela bateria.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Radioaktiva Räker - Tro Inte Allt (1998)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Suécia (Hofors / Gästrikland)
FORMAÇÃO:
Johan Anttila (Vocal, guitarra)
Jimmy Petersson (Guitarra)
Mattais Daglas Johansson (Baixo)
Jonas Lund (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Betongrosor
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-A'-A''-A-A'-A''-B-A''. O ritmo é pouco denso apesar das contantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência em B, bem como eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, bem como eventuais contracantos em A'', mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequente riff de guitarra, em A, que ajuda a caracterizar a harmonia em questão, sendo neste: I-VI-III-VII, e em B: I-VI-I-VI-VII-V.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Puredin - Singles (2002)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Brasil (Criciúma / Santa Catarina)
FORMAÇÃO:
João Paulo Burigo (Vocal, guitarra)
Kassiano Vieira (Guitarra)
Paulo Renato (Baixo)
André Dalpont (Bateria)
.
Ep divulgado em 2002, porém com gravações do período entre 1999 e 2002. O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas e síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos ou acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Cerveja E Gata
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-A-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-III-IV, e em B: IV-V-III. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

domingo, 14 de outubro de 2012

Puke - Ställd Mot En Vägg (1984)

GÊNERO: D-Beat
ORIGEM: Suécia (Höör / Scania)
FORMAÇÃO:
Jimman (Vocal)
Lange David (Guitarra)
Danne Manne Krampan (Guitarra)
Helmut Shnellmut (Baixo)
Knasen (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente devido à eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, pro graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Knasen.
.
DESTAQUE: Förorenad Luft
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-A'-B-A'-B-A''-B-A. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: C#-A-C-C#, e em B: G-F#.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Public Image Ltd - 9 (1989)

GÊNERO: New Wave
ORIGEM: Inglaterra (Londres / Londres)
FORMAÇÃO:
John Lydon (Vocal)
John McGeoch (Guitarra)
Allan Dias (Baixo)
Bruce Smith (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais acordes de passagem, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de baixo por Allan Dias.
.
DESTAQUE: Happy
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma A-B-A'-B-A'-C-B-A'-B'-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial do baixo e guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com um acorde de passagem, Mi Maior, em A, oriundo de empréstimo modal, sendo em A: I-IV-V-VI-III, em B: I-VI-VII-I, e em C: I-IV-V-VI-VII. Antes e após C existe uma ponte, onde nada mais é do que a progressão IV-V-VI-III.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Puagh - El Ritmo De Las Ideas (2003)

GÊNERO: Hardcore
ORIGEM: Espanha (Valladolid / Castilla Y León)
FORMAÇÃO:
Moreno (Vocal)
Mariano (Guitarra)
Miguel (Baixo)
Gibello (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas de pequena duração, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Mariano.
.
DESTAQUE: Los Solidarios
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-A'-A''-A'-Coda. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à variações de cadência e frequentes síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo um acorde de passagem oriundo de empréstimo modal (V dominante), bem como eventuais inversões em A, sendo na introdução (I): i, em A: i-V-i-VII-ii-III-iv-i-V-i, e na Coda: i-V-i-V-i.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

P.T.L. Klub - 13 Comandments (1985)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Boston-S.C. / Massachusetts)
FORMAÇÃO:
Dr. Death (Vocal)
Bob (Guitarra)
Chris (Baixo)
Ron (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes de passagem. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Ron.
.
DESTAQUE: Suck Out Loud
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-B-C-B'-C-B'-C'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência após A, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, A possui intenção de Em (Mi menor), enquanto as demais partes possuem intenção de Bm (Si menor), existindo eventuais acordes de passagem oriundo de cromatismo, sendo em A: G-F#-F-E-C-B-Bb, em B: B-D-A-E, e em C: B. Entre A e B existe uma ponte onde nada mais é do que a execução dos power chords, ascendente, de Mi até Ré, de maneira cromática.

sábado, 6 de outubro de 2012

Propagandhi - Live From Occupied Territory (2007)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Canadá (Portage La Prairie / Manitoba)
FORMAÇÃO:
Chris Hannah (Vocal, guitarra)
David Guillas (Guitarra)
Todd Kowalski (Baixo)
Jord Samolesky (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, antecipações, síncopas, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes e intervalos de terça ou dissonâncias, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Back To The Motor League
Música com compasso quaternário, tonalidade de C#m (Dó sustenido menor), e forma A-B-C-D-B-C'-C''-D'-D''-C'''. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à pausas, variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte e arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria e guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo um acorde de passagem, em C, oriundo de cromatismo, bem como acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, e frequentes intervalos de terça e quarta, sendo em A: I-IV-III-VII, em B: I-VI-III-II-III-VII-IV, em C: I-VII-Cr-VI, e em D: I-VII-III-VII-III-II-VI-VII-III-VII-III-IV.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Pridebowl - Where You Put Your Trust (1997)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Suécia (Varberg / Halland)
FORMAÇÃO:
Aaron Goulding (Vocal)
Henrik Nilsson (Guitarra)
Stefan Glendell (Guitarra)
Oskar Andersson (Baixo)
Martin Bodin (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas, e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como acordes de passagem, além de frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Shut Up
Música com com passo quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-C-A-B'. O ritmo é pouco denso apesar das frequentes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações em A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo dois acordes de passagem oriundos de cromatismo, sendo um blue note, sendo na introdução (I): III-I-Cr, em A: III-I-Cr-IV-Cr-IV, em B: I-Cr-II-III, e em C: I-VII-Cr-IV-III-I.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Predial - Four Lessons To Drive (2001)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Brasil (São Paulo / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Vini (Vocal, baixo)
Sonrisal (Guitarra)
Spencer (Guitarra)
Léo Bulldog (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, síncopas, pausas e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes e intervalos com a inclusão da terça ou sétima, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Time To Move On
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor), e forma I-A-B-C-B'-A-B-B''. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às constantes síncopas, pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: III-VII-VI-V, em B: I-VII-VI-V, e em C: I-III-I-VI-V. A introdução (I) nada mais é do que B executado com arranjo diferente. Após C existe uma ponte onde nada mais é do que a progressão harmônica IV-V-VI-VII.