domingo, 31 de março de 2013

AC/DC - Flick Of The Switch (1983)

GÊNERO: NWOBHM
ORIGEM: Austrália (Sydney / New South Wales)
FORMAÇÃO:
Brian Johnson (Vocal)
Angus Young (Guitarra)
Malcolm Young (Guitarra)
Cliff Williams (Baixo)
Phil Rudd (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais acentos no contratempo, bem como arranjos específicos da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada, e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com frequentes acordes de passagem, bem como inversões devido às notas pedal do baixo. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Bedlam In Belgium
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-C-A-B-C-B'-C'-A'-C''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais acentos no contratempo, bem como arranjos específicos da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia repousa sempre no acorde de A (Lá Maior), sendo em A: A-D-Dsus4-D, em B: C-G-D-A-D-Dsus4-D-C-G-D, e em C: A-G-D-C-A-D-Dsus4-D. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra.

sexta-feira, 29 de março de 2013

...A Je To! - Juris V Svobodo (1995)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: Eslovênia (Brezice / Estíria)
FORMAÇÃO:
Goran Smukovic (Vocal)
Frenk Les (Guitarra)
Tomi Jagric (Baixo)
Bostjan Novak (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Frenk Les.
.
DESTAQUE: Tercijalke
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-C-A-B'-C. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência em A, bem como eventuais antecipações e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: A-Eb-D-Bb, em B: A-C#-A-D-E-A-C#, e em C: D-E-C-G. A introdução (I) nada mais é do que uma parte de B executado com arranjo diferente.

quarta-feira, 27 de março de 2013

1208 - Turn Of The Screw (2004)

GÊNERO: Pop Punk
ORIGEM: EUA (Hermosa Beach-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Alex Flynn (Vocal)
Neshawn Hubbard (Guitarra)
Bryan Parks (Baixo)
Manny McNamara (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como eventuais síncopas e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referencia. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para as participações de Rodney Wertz tocando viola, e John Cranfield tocando bateria.
.
DESTAQUE: Turn Of The Screw
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma A-B-C-A-B-C-D-A'-C'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à antecipações, bem como eventuais acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-III-VII, em B: I-VII-I-III-VII-I-VI-III-VII, em C: VI-III-I-VI-III-I-III-VII, e em D: VI-III-VI-VII-I-VI-III-VI-VII-I-VII. Sempre antes de C e C' existe uma ponte, onde nada mais é do que a progressão V-VI-III-VII.

segunda-feira, 25 de março de 2013

999 - 999 (1978)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Inglaterra (Londres / Londres)
FORMAÇÃO:
Nick Cash (Vocal, guitarra)
Guy Days (Guitarra)
Jon Watson (Baixo)
Pablo LaBritain (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo acordes com a inclusão da terça, bem como eventuais riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: I'm Alive
Música com compasso quaternário, tonalidade de A (Lá Maior), e forma A-B-A-B-A-B-A'-B'-A-B''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido aos eventuais acentos no contratempo em B, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: IV-V, e em B: IV-V-IV-V-I.

sábado, 23 de março de 2013

53A - Veneno (1999)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: Portugal (Odivelas / Lisboa)
FORMAÇÃO:
Che (Vocal)
Paiva (Guitarra)
Bruno (Baixo)
Alex (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais síncopas, antecipações e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Alex.
.
DESTAQUE: Descarga Policial
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor), e forma I-A-B-A-C-A'-B-A-C-D-E-F. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações e síncopas, bem como os acentos no contratempo, em C, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade do acorde em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem oriundo de variação tonal, em C, sendo na introdução (I): I-VII-I, em A: I-VII-I-VI-VII-I-VII-I-VI-IV, em B: I-VI-IV-VII, em C: IV-I-VI/IV-VI-IV-I-VI/IV, em D: I-III-IV, em E: I-III, e em F: I-IV-III-IV.

quinta-feira, 21 de março de 2013

10-20 - Bez Vexodnex (2007)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Ucrânia (Kharkiv / Kharkiv Oblast)
FORMAÇÃO:
Zel (Vocal)
Vlad (Guitarra)
Vitaliy (Guitarra)
Zina (Baixo)
Mator (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente devido às constantes síncopas, bem como variações de cadência, pausas de pequena duração e arranjos específicos de cada instrumento em especial da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes intervalos, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Intro
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-C-A'-B-C. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às constantes síncopas, variações de cadência, pausas de pequena duração, quiálteras, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes intervalos, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo na introdução (I): I-VII, em A: I-VI-III-II-III-VI-V-VI, em B: VI-V-I-III-I-VI, e em C: III-I-VI-V-VI-III-IV.

terça-feira, 19 de março de 2013

7 Seconds - Blasts From The Past (1985)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Reno-W.C. / Nevada)
FORMAÇÃO:
Kevin Seconds (Vocal, guitarra)
Steve Youth (Baixo)
Troy Mowat (Bateria)
.
Ep lançado em 1985, porém com gravações de 1983. O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, devido à eventuais variações de cadência e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de baixo por Steve Youth.
.
DESTAQUE: These Boots Are Made For Walkin'
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma A-B-C-B-C-B-C'-A'. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-V-I-V-I-VII-VI-III-I, em B: I-IV-I, e em C: III-I-III-I-III-V. Sempre após C existe uma ponte, onde nada mais é do que a progressão I-VII-VI-III-I.

domingo, 17 de março de 2013

Zona Cero - Momentos Fugaces (2005)

GÊNERO: Emo Core
ORIGEM: Colômbia (Bogotá / Cundinamarca)
FORMAÇÃO:
Camilo Suescun (Vocal)
Carlos Cataño (Guitarra)
Rodrigo Mariño (Baixo)
Oscar De Castro (Bateria)
David Rugeles (Pick-up)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte, pausas de pequena duração, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords, intervalos de terça e acordes com a inclusão da terça, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Oscar De Castro.
.
DESTAQUE: Dias Perdidos
Música com compasso quaternário, tonalidade de Cm (Dó menor), e forma I-A-B-C-A-B-C-A-D-B'-A-D'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas, acentos deslocados do tempo forte, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: VI-I, em B: III-I, em C: VII-III, e em D: I. A introdução (I) nada mais é do que B executado com arranjo diferente.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Zakarrak - Larga Vida... (1993)

GÊNERO: Oi!
ORIGEM: Espanha (Arrasate / País Vasco)
FORMAÇÃO:
Petete
Xabi
Oscar
Pexeto
Mitxel
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Muerto
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma A-A'-B-A'-B-A'-B'-A-A'-B''-A''. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-IV-VII-V, e em B: I-VII-IV-I. Após a primeira vez de A existe uma ponte, onde nada mais é do que A' executado de maneira solo pela guitarra.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Xenofobia - Presionados (1989)

GÊNERO: D-Beat
ORIGEM: México (Cidade do México / Distrito Federal)
FORMAÇÃO:
Raul El Perro (Vocal, guitarra)
David (Baixo)
Jorge Igor (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de baixo por David.
.
DESTAQUE: Humillados
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A'-B'-A'-B'-A-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, mantendo a tônica e quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: A-C-B-D-C#, e em B: E-D#-E-D#-C#. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra, seguido de B com arranjo diferente.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Wrecking Dead - The Wrecking Dead (2002)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: Dinamarca (Copenhagen / Hovedstaden)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido aos frequentes shuffles, bem como eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frases do baixo e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de contrabaixo acústico.
.
DESTAQUE: F.U.C.K.U
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma I-A-B-C-A-B-C-D-B-C-D'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido aos constantes shuffles, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-III-II, em B: I-V-III-VII-VI-VII, em C: I-III-VII-I-III-II-III-II-I-III-VII-VI-VII, e em D: III-VII-V-VI-VII.

sábado, 9 de março de 2013

Wizo - Abschiedskonzert LKA Live In Stuttgart (2005)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Alemanha (Sindelfingen / Baden-Württemberg)
FORMAÇÃO:
Axel Kurth (Vocal, guitarra)
Jörns Genserowski (Baixo)
Thomas Guhl (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de compasso e cadência, pausas, e síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Axel Kurth.
.
DESTAQUE: Nix & Niemant
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor), e forma A-B-C-D-A'-B-C'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às frequentes síncopas, variações de cadência, bem como acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes de passagem oriundos de cromatismo, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: VII-I-VII-I-III-II-Cr-V-VII-I-V-VII-I, em B: I-VI-I-VI-V-VI-VII, em C: I-VII-VI, e em D: I-III-II-Cr.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Whippersnapper - Whippersnapper (1997)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Atlanta-F.C. / Geórgia)
FORMAÇÃO:
Andy Munn (Vocal)
Mike Fink (Guitarra)
Jason Joseph (Guitarra)
Andy Belote (Baixo)
Pat Kerr (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à frequentes síncopas, pausas de pequena duração, bem como eventuais acentos no contratempo e quiálteras, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes intervalos de terça, bem como riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Snap
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-C-D-B-C-D-E-A'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às constantes síncopas, bem como eventuais pausas de pequena duração, variações de cadência, e acentos no contratempo, bem como arranjos específicos da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo na introdução (I): I-III-I-VI-VII, em A: I-III-IV, em B: I-III-VI-VII-I, em C: VI-VII-I, em D: III-VI-VII-I-VI-VII, e em E: I-VI-VII. Sempre antes e depois de D existe uma ponte, onde nada mais é do que a progressão III-VII-VI-VII.

terça-feira, 5 de março de 2013

Wesley Willis - Rush Hour (2000)

GÊNERO: Folk
ORIGEM: EUA (Chicago-C.C. / Illinois)
FORMAÇÃO:
Wesley Willis (Vocal, teclado)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo eventuais notas semi-tonadas, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com frequentes variações tonais, existindo eventuais frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para as execuções vocais por Wesley Willis.
.
DESTAQUE: Vampire Bat
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A-B'-C-B''-A-B'-A'. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo eventuais notas semi-tonadas em B e B', mantendo as notas da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada sem o intervalo de terça, possuindo frequentes variações tonais, bem como constantes inversões devido ao baixo pedal, e um cromatismo em C, sendo em A: A-G-E-A-G-A, em B: A-G-E-A-G-A-B-A-F#-B-A-B, e em C: A-G-E-A-G-A-F#-G-G#. B' e B'' estão transposto um tom abaixo de Lá, ao contrário de B, que está transposto um tom acima.

domingo, 3 de março de 2013

W.A.S.P. - Unholy Terror (2001)

GÊNERO: Heavy Metal
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Blackie Lawless (Vocal, guitarra)
Chris Holmes (Guitarra)
Mike Duda (Baixo)
Franki Banali (Bateria)
Stet Howland (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo da afinação padrão. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria e guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a participação de Roy Z tocando guitarra.
.
DESTAQUE: Raven Heart
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bbm (Si bemol menor), e forma I-A-B-A-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria e guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-VI-VII, e em B: I-III-IV-I. A introdução (I) nada mais é do que a progressão harmônica de B executada com arranjo diferente, existindo um riff de guitarra, com a progressão I-III-I-IV-I-III-I, executado através de power chords invertidos. Sempre após B existe uma ponte, sendo a execução do power chord do primeiro grau, e o riff da introdução, respectivamente.

sexta-feira, 1 de março de 2013

Warzone - WNYU (1987)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Nova York / Nova York)
FORMAÇÃO:
Raybeez - Raymond Barbieri (Vocal)
Brad Davies (Guitarra)
Todd Scofield (Baixo)
Tito - Sebastian Perez (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. Os instrumentos de corda soam meio tom acima da afinação padrão, provavelmente, devido à rotação do aparelho no momento da conversão. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, bem como acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Tito.
.
DESTAQUE: Crazy But Not Insane
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A'-B-C-A-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência, em C, síncopas, bem como eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo na introdução (I): F-Gb, em A: F-Gb-Ab-Bb-B-Gb-Db-Eb, em B: C-Eb-Bb-F, e em C: Gb-F-Gb-F-Eb-Ab-Gb-F-Gb-F-Eb-Ab-Db-C-Db-C-Bb-Eb-Db-C-Db-C-Bb-Eb. Após C existe uma ponte onde nada mais é do que a execução do power chord de Fá.