terça-feira, 5 de março de 2013

Wesley Willis - Rush Hour (2000)

GÊNERO: Folk
ORIGEM: EUA (Chicago-C.C. / Illinois)
FORMAÇÃO:
Wesley Willis (Vocal, teclado)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo eventuais notas semi-tonadas, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com frequentes variações tonais, existindo eventuais frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para as execuções vocais por Wesley Willis.
.
DESTAQUE: Vampire Bat
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A-B'-C-B''-A-B'-A'. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo eventuais notas semi-tonadas em B e B', mantendo as notas da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada sem o intervalo de terça, possuindo frequentes variações tonais, bem como constantes inversões devido ao baixo pedal, e um cromatismo em C, sendo em A: A-G-E-A-G-A, em B: A-G-E-A-G-A-B-A-F#-B-A-B, e em C: A-G-E-A-G-A-F#-G-G#. B' e B'' estão transposto um tom abaixo de Lá, ao contrário de B, que está transposto um tom acima.

Nenhum comentário :

Postar um comentário