sábado, 31 de maio de 2014

Siebensünden - Blod, Slem, Galla (2006)

GÊNERO: Doom Metal
ORIGEM: Suécia (Jönköping / Smaland)
FORMAÇÃO:
Sveggo (Vocal)
Simon (Guitarra)
Björn (Baixo)
Albin (Bateria)
Janne (Samplers)
.
O álbum possui músicas com compassos alternados e andamento médio de 50 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às variações de compasso, bem como acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da semínima como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão de dissonâncias, executados, geralmente, de maneira arpejada, existindo frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de baixo por Björn.
.
DESTAQUE: När Asgamars Stalbad Härdar Och Man Star Lik I Sitt Eget Hus
Música com compasso 5/4 em A, 4/4 em B, e 6/4 em C, sem tonalidade definida, e forma A-A'-B-A'-B-C-A'-B-C'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às variações de compasso, acentos deslocados do tempo forte, bem como eventuais pausas, mantendo a figura da semínima como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão de dissonâncias, executadas de maneira arpejada, sendo em A: E-G-F#-E-D-B-E-G-F#-E-D-A-F#-G#, em B: F#-G#-E-G-C-D#-C, e em C: E-G-E-B-E-G-E-B-E-C.

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Shoogooshoeslide - No Reflexion Just... (2001)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: França (Reims / Champagne-Ardenne)
FORMAÇÃO:
Reno (Vocal)
Mikel (Guitarra)
Simon (Guitarra)
BN (Baixo)
Biff - Romain (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das frequentes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, pausas, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como eventuais antecipações e quiálteras, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça e inversões, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Reno.
.
DESTAQUE: Supersucker!
Música com compasso quaternário, tonalidade de Fm (Fá menor), e forma I-A-B-C-B-C'-A'-C''. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à acentos deslocados do tempo forte ou contratempo e pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo frequentes contracantos harmônicos, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça e inversões, bem como um acorde de passagem, em B, oriundo de cromatismo, e outro (Bb), em C, oriundo de empréstimo modal, além de riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo na introdução (I): I-VI-IV, em A: I-IV-I-III-IV, em B: I-V-VI-Cr-VII, e em C: VII-IV6-I-III-VII-I-VII-IV6-I-III-VII-IV.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Shaila - Cero A La Izquierda (2002)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Argentina (Buenos Aires / Distrito Federal)
FORMAÇÃO:
Joaquín Guillén (Vocal)
Yasser Eid (Guitarra)
Santiago Tortora (Guitarra)
Pablo Coniglio (Baixo)
Guido Hernan Diez (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, síncopas, pausas, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma oitava de distância. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Joaquín Guillén.
.
DESTAQUE: Yo
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-A'-B-C-A''. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência em C, bem como antecipações, além de eventuais pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII-I-VI-VII-I-VII-I-VI-III, em B: I-VI-VII-I-VI-VII-I-VI-III-VII-VI-VII, e em C: I-VII-VI-VII-I-VII-I-VI-VII-VI-III-VII-I-III-VII-V. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra. Existem duas pontes, sendo nada mais que a progressão I-VII-I-VI-VII-V após A e A', e a mesma progressão de A, porém com arranjo diferente, entre B e C.

domingo, 25 de maio de 2014

Sepultura - Chaos A.D. (1993)

GÊNERO: Thrash Metal
ORIGEM: Brasil (Belo Horizonte / Minas Gerais)
FORMAÇÃO:
Max Cavalera (Vocal, guitarra, violão)
Andreas Kisser (Guitarra)
Paulo Jr. (Baixo, percussão)
Igor Cavalera (Bateria, percussão)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo da afinação padrão. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, pausas, quiálteras, variações de cadência, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos dissonantes e consonantes, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Igor Cavalera.
.
DESTAQUE: Biotech Is Godzilla
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-B'-A-B'-C-B''-C-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência em B, bem como às frequentes síncopas, mantendo a figura da semi-colcheia como a mai frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: E-F-F#-G, em B: D-Eb-D-Eb-E-G, e em C: F-Gb-Ab-Gb-F-Gb-Eb. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pelo baixo. Entre B' e C existe uma ponte onde nada mais é do que a execução do power chord de Eb.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Section 5 - Fat Out Of Hell (1995)

GÊNERO: Oi!
ORIGEM: Inglaterra (Stoke On Trent / Staffordshire)
FORMAÇÃO:
Tosh (Vocal, guitarra)
Sid (Baixo)
Steve (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. Os instrumentos de cora estão afinados pouco acima da frequência padrão de 440 Hz para o Lá. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para as participações de Bones e Tez Roberts tocando guitarra.
.
DESTAQUE: Dictators In a Free Land
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-A-B-A-B-A'-B-A-B. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-III-IV, e em B: VII-I-VII-VI-V. A introdução (I) nada mais é do que um riff de guitarra com as notas Lá, Si e Dó, seguido do power chord do primeiro grau.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Seaweed - Spanaway (1995)

GÊNERO: Emo Core
ORIGEM: EUA (Tacoma-P.C. / Washington)
FORMAÇÃO:
Aaron Stauffer (Vocal)
Clint Werner (Guitarra)
Wade Neal (Guitarra)
John Atkins (Baixo)
Bob Bulgrien (Baixo)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados pouco acima do padrão de 440 Hz para o Lá. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, antecipações e arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e intervalos e acordes com a inclusão da terça e dissonâncias, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Not Saying Anything
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-A-B-C-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e intervalos com a inclusão da terça ou dissonâncias, existindo uma inversão em A, sendo neste: IV-VI-III6/4, em B: I-VI-I-VII-III-V, e em C: I-VI-IV. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Satanic Surfers - Taste The Poison (2005)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Suécia (Lund / Scania)
FORMAÇÃO:
Rodrigo Alfaro (Vocal)
Fredrik Jakobsen (Guitarra)
Magnus Blixtberg (Guitarra)
Andy Dahlström (Baixo)
Robert Samsonovitz (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das frequentes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, bem como eventuais antecipações e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como eventuais frases do baixo e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjo vocais por Rodrigo Alfaro.
.
DESTAQUE: U + I R 1
Música com compasso quaternário, tonalidade de Cm (Dó menor), e forma I-A-B-C-D-E-A-B'-C-D-E'-F-C. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, quiálteras, antecipações e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII-III-I-VII-III-V-VII, em B: I-VII-III-VII6-I-VII-V-VII, em C: IV-V-VI-VII-I-VI-V, em D: III-V-I-VII-I-II-III-IV-I-VII-I-II, em E: I-VII-IV, e em F: I-VII-I-VII-IV-VI-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra. Sempre após C existe uma ponte, onde nada mais é do que a progressão I-VII-IV.

sábado, 17 de maio de 2014

Saht - Gospoda Drugovi (2001)

GÊNERO: Oi!
ORIGEM: Sérvia (Belgrado / Belgrado)
FORMAÇÃO:
Aleksandar Rogic (Vocal)
Mladen Vujovic (Guitarra)
Srdan Maric (Baixo)
Nebojsa Brkic (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, bem como eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade do acorde em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Mladen Vujovic.
.
DESTAQUE: Pekinska Patka
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-A'-B-A'-B'-A'-C. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-VII-VI-III-V, em B: I-VI-VII-III-IV-III-IV-VI, e em C: I-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente. Existem três pontes, uma após a introdução, outra sempre antes de B, e a última sempre após B, sendo as progressões VI-IV-III-IV-V, I-VI-VII, e III-IV, respectivamente, sendo que a primeira é executada, também, após C.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Rush - Grace Under Pressure (1984)

GÊNERO: Rock Progressivo
ORIGEM: Canadá (Toronto / Ontario)
FORMAÇÃO:
Geddy Lee (Vocal, baixo, sintetizador)
Alex Lifeson (Guitarra, sintetizador)
Neil Peart (Bateria, percussão)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é bastante denso, principalmente, devido à variações de cadência e compasso, antecipações, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, pausas, quiálteras, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com frequentes dissonâncias, existindo frequentes frases do baixo e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de bateria por Neil Peart.
.
DESTAQUE: The Body Electric
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-C-B'-C-B'-D-E-A-B'-D-E'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, antecipações, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria e do baixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referencia. A harmonia possui uma variação modal em A, existindo constantes frases do baixo, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: IV-I, em B: IV-V-VI, em C: I-V-IV-III, em D: I-III-IV-V, e em E: I-VII-IV-III.

terça-feira, 13 de maio de 2014

Rollins Band - Come In And Burn (1997)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Henry Rollins (Vocal)
Chris Haskett (Guitarra)
Melvin Gibbs (Baixo)
Sim Cain (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo da afinação padrão. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de compasso e cadência, bem como antecipações, pausas, e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais inclusões de dissonâncias, bem como variações tonais ou modais, além de frequentes frases do baixo e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de baixo por Melvin Gibbs.
.
DESTAQUE: During A City
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-B-A-B-C-A-B-C-D. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, antecipações, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria e do baixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais inclusões de dissonâncias, e riffs de guitarra, bem como frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: Fm-Ab, em B: C5-Db5-Bb5-Eb-Db-E5-C5-Db5-Bb5-Ab5-G5, em C: A5-E5, e em D: F#5-F#m(5b).

domingo, 11 de maio de 2014

Rise Against - AOL Sessions Under Cover (2007)

GÊNERO: Rock
ORIGEM: EUA (Chicago-C.C. / Illinois)
FORMAÇÃO:
Tim McIlrath (Vocal, violão)
Chris Chasse (Violão)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 95 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio toma abaixo da afinação padrão. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais frases do violão que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de violão.
.
DESTAQUE: For What It's Worth
Música com compasso quaternário, está no modo de Eb (Mi bemol) Mixolídio, e possui forma I-A-B-A-B-A'-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido aos constantes acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico do modo, sendo em A: I-IV, e em B: I-VII-IV. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Riot - Sons Of Society (1999)

GÊNERO: Heavy Metal
ORIGEM: EUA (Nova York / Nova York)
FORMAÇÃO:
Mike DiMeo (Vocal, órgão, teclado)
Mark Reale (Guitarra, violão, teclado, percussão)
Mike Flyntz (Guitarra)
Pete Perez (Baixo)
Bobby Jarzombek (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência e compasso, antecipações, pausas, quiálteras, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão elevados, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como frequentes frases do baixo e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a participação de Frank Carrillo tocando sitar e tamboura.
.
DESTAQUE: Promises
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma I-A-B-C-B-C-D-A-B-C-D'-A-E-D''-A'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à antecipações, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, e arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura baixa e extensão elevada, existindo saltos de até uma oitava, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem, em D' e D'', oriundo de cromatismo, bem como uma variação tonal, em E, descendo um tom, passando para Cm (Dó menor), além de frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII-III-VII-IV-VII-V-I, em B: I-VI-V, em C: IV-VII-V-I, em D: IV-V-I-VI-IV-V-I, e em E: I-VI-V-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Resistance 77 - Thoroughbred Men (1984)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Inglaterra (Nottingham / Nottinghamshire)
FORMAÇÃO:
Oddy - Ian Hodson (Vocal)
Luggy - Marc Ludlam (Guitarra)
Kieron Egan (Baixo)
Gary Naylor (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Oddy.
.
DESTAQUE: Against All Odds
Música com compasso quaternário, tonalidade de B (Si Maior), e forma A-B-C-A-B-C-A'-B'-C'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à pausa em C, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-IV-III-IV-I, em B: II-V, e em C: I-IV-V. Sempre após C existe uma ponte, onde nada mais é do que a execução do power chord do primeiro grau.

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Replicantes - Ao Vivo Em Jaraguá Do Sul (1987)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Brasil (Porto Alegre / Rio Grande Do Sul)
FORMAÇÃO:
Wander Wildner (Vocal)
Cláudio Heinz (Guitarra)
Heron Heinz (Baixo)
Carlos Gerbase (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas, e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Wander Wildner.
.
DESTAQUE: Mentira
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma A-B-A'-B-A'-B-A-B-A-B'-A''-B''-A'''-B'. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-IV-III, e em B: III-I.

sábado, 3 de maio de 2014

Red Hot Chili Peppers - Mother's Milk (1989)

GÊNERO: Funk Metal
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Anthony Kiedis (Vocal)
John Frusciante (Guitarra)
Flea (Baixo, trompete)
Chad Smith (Bateria, percussão)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas, antecipações, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial do baixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça e dissonâncias, existindo frequentes riffs de guitarra, bem como constantes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para as participações de Hillel Slovak tocando guitarra, Jack Irons e Philip Fisher tocando bateria, Patrick English tocando trompete, Keith Barry tocando saxofone tenor, Lon tocando trombone, e Dave Coleman tocando violoncelo.
.
DESTAQUE: Nobody Weird Like Me
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma I-A-B-C-A-B-C-A-D-B-C-A-D-B-D'-B-D''-E. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência em C e E, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial do baixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como acordes de passagem oriundos de cromatismo, em D' e D'', além de frequentes riffs de guitarra e constantes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-III-I-VII, em B: I-III-I, em C: VII-II-I-VII-II-IV-V, em D: II, e em E: I. A introdução (I) nada mais é do que B executado de maneira solo pelo baixo.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Rearranged - Demo (2008)

GÊNERO: Hardcore
ORIGEM: Rússia (Moscou / Distrito Federal Central)
FORMAÇÃO:
Alexander
Alexey
Avtandil
Sergei
Victor
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais.
.
DESTAQUE: Greedy Man
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor), e forma I-A-B-C-A-B-C-D-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência em A' e B', bem como eventuais síncopas e antecipações, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: V-III-IV-I, em B: III-IV-I, em C: I-IV-III-I-IV-III-VII-IV, e em D: VII-I-VII-IV. A introdução (I) nada mais é do que a execução do power chord do primeiro grau seguido de A executado de maneira solo pelo baixo.