quinta-feira, 30 de junho de 2011

Midtown - Save The World, Lose The Girl (2000)

GÊNERO: Pop Punk
ORIGEM: EUA (Springfield-U.C. / Nova Jersey)
FORMAÇÃO:
Gabe Saporta (Vocal, baixo)
Tyler Rann (Guitarra)
Heath Saraceno (Guitarra)
Rob Hitt (Bateria, percussão)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais inversões e acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, executados, às vezes, de maneira arpejada. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: We Bring Us Down
Música com compasso quaternário, tonalidade de A (Lá Maior) e forma I-A-B-A-B'-C. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas de pequena duração, e síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, sendo na introdução (I): I-III-VI-V, em A: I-III-IV-V-II-IV, em B: IV-VI-V, e em C: I-VI-V-IV-III-II.

terça-feira, 28 de junho de 2011

M.I.A. - Demo (1983)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Oxnard-V.C. / California)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pocuo elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes de passagem oriundos de cromatismo ou variação tonal. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Last Day
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-A-B-C-A'-B-A''. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-III-IV-III, em B: IV-V-IV-III, e em C: V-IV-III-II. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pelo baixo.

domingo, 26 de junho de 2011

Melvins - Never Breathe What You Can't See (2004)

GÊNERO: Skate Punk
ORIGEM: EUA (Montesano-G.H.C. / Washington)
FORMAÇÃO:
Jello Biafra (Vocal)
Buzz Osborne (Guitarra)
Dale Crover (Bateria, percussão, guitarra)
Kevin Rutmanis (Baixo)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existndo eventuais dissonâncias e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, bem como eventuais acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal ou modal, ou cromatismo. Destaque para a participação de Adam Jones tocando guitarra.
.
DESTAQUE: Plethysmograph
Música com compasso quaternário, tonalidade de F#m (Fá sustenido menor) e forma I-A-B-A'-B-A'-C-D-E-B'-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, bem como eventuais acordes de passagem oriundos de cromatismo ou empréstimo modal, sendo na introdução (I): I-VII-I, em A: VII-I-III-IV-I-VII/I-VII-I-III-IV-VII-III, em B: I-VII-I, em C: I, em D: I-Cr-IV-I-IV-Cr-I-Cr-III-I-III-Cr-IV-III, e em E: I-III-VII-III-I.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Megadeth - Killing Is My Business... And Business Is Good! (1985)

GÊNERO: NWOBHM
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Dave Mustaine (Vocal, guitarra)
Chris Poland (Guitarra)
Dave Ellefson (Baixo)
Gar Samuelson (Bateria, tímpano)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo possui certa densidade, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, acentuações fora do tempo forte e eventuais antecipações, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, bem como eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Rattlehead
Música com compasso quaternário, tonalidade de C#m (Dó sustenido menor) e forma I-A-B-A-B-C-D-A'-E-F-E-F'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência e acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequente riff de guitarra que ajuda a caracterizar a harmonia em questão, bem como acordes de passagem oriundos de transposição tonal, sendo em A: I-VII-VI-VII, em B: II-III/II-II-IV/II-II-V/II-II, em C: I-III-I-IV-I-VII, em D: I-III-IV-I-VII, em E: I-V-VII-I-VI/vii, em F: I-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Meatmen - Demo (1981)

GÊNERO: Jazz Core
ORIGEM: EUA (Lansing-I.C. / Michigan)
FORMAÇÃO:
Tesco Vee (Vocal)
Greg Ramsey (Guitarra)
Rich Ramsey (Baixo)
David Howse (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo possui certa densidade, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, acentuações fora do tempo forte ou contratempo, pausas de pequena duração e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Greg Ramsey.
.
DESTAQUE: I've Got A Problem
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma A-B-A-C-D-A-E. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência e compasso, pausas de pequena duração e acentuações fora do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade ou acorde como referência. A harmonia é, quase toda, executada em power chords, existindo eventuais trechos, em D, onde acordes com a inclusão de dissonâncias são executados, sendo em A: I-VII-VI-V, em B: I-VII-V-VII-V-I-VII-V-IV-VII, em C: I-VII-V-VII-I-VII-I, em D: I6-ii(13b)-vii, e em E: I-VII.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

MDC - Millions Of Dead Cops (1982)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Austin-T.C. / Texas)
FORMAÇÃO:
Dave Dictor (Vocal)
Ron Posner (Guitarra)
Michael Donaldson (Baixo)
Allan Schvitz (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente à eventuais pausas de pequena duração e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes músicas sem tonalidade definida. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Ron Posner.
.
DESTAQUE: Business On Parade
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida e forma I-A-B-C-D-B-C-D-B-C'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes cromatismos, sendo a introdução (I): Eb5, em A: Eb5-Db5, em B: Eb5-Db5-Bb5-Eb5-Gb5-Eb5, em C: Db5-C5-A5-Ab5-Gb5-D5-Db5-Bb5-C5-B5-A5-Ab5-G5-Gb5, e em D: Gb5-A5-Gb5-Db5-Bb5-Eb5-Bb5-Eb5-Db5.

sábado, 18 de junho de 2011

Maroon - Captive In The Room Of The Conspirator (2000)

GÊNERO: Metalcore
ORIGEM: Alemanha (Nordhausen / Thuringia)
FORMAÇÃO:
Andre Moraweck (Vocal)
Sebastian Grund (Guitarra)
Marc Zech (Guitarra)
Tom-Eric Moraweck (Baixo)
Nick Wacksmuth (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados um tom abaixo da afinação padrão. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas de pequena duração e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como eventuais acordes de passagem, oriundos de cromatismo ou variação tonal ou modal, e frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão.
.
DESTAQUE: Result Of Reprisal
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor) e forma A-B-C-D-C-D-E-B-C. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, síncopas, pausas de pequena duração e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, bem como frequentes acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal e modal, sendo em A: IV/VI-II/IV/VI-III/iv/VI-II/IV/VI, em B: I-IV/VI-II/IV/VI-III/iv/VI-II/IV/VI, em C: I, em D: I-VI-VII-I-VI-IV/VI, e em E: I-III-IV-V-IV-IV/VI-II/IV/VI-III/iv/VI-II/IV/VI. Após segunda vez de D existe uma ponte onde nada mais é do que a execução do power chord do primeiro grau.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Made In Brazil - Minha Vida É Rock And Roll (1981)

GÊNERO: Rock 'n' Roll
ORIGEM: Brasil (São Paulo / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Oswaldo Rock Vecchione (Vocal, guitarra, baixo, gaita de boca)
Joaquim Kim Kehl (Guitarra)
Eduardo Depose (Guitarra)
Rave - Javier Staricco (Teclado)
Ricardo Índio Cardoso (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à pausas de pequena duração, variações de cadência, shuffle e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça e dissonâncias, existindo frequentes acordes de passagem oriundos de variação modal ou tonal, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra por Eduardo Depose.
.
DESTAQUE: Assopraram A Velhinha
Música com compasso quaternário, tonalidade de A (Lá Maior) e forma A-B-C-B-C-A-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal ou modal, sendo em A: I-IV-V, em B: I-IV/IV, e em C: III/i-IV-I-III/i-IV-V.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Mad Sin - '99 Psycho 'n Glamrock Demos (1999)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: Alemanha (Berlin / Berlin)
FORMAÇÃO:
Koefte DeVille (Vocal)
Matt Vüdü (Guitarra)
Stein Dr. Solido (Guitarra)
Valle (Baixo acústico)
Andy Laaf (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo possui certa densidade, sendo elevado, principalmente, devido à shuffles, pausas de pequena duração, acentuação fora do tempo forte e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal ou modal, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de baixo por Valle.
.
DESTAQUE: Ticket To Nowhere
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-C-B-C-B-B'-D-A-B-B''-A. O ritmo possui certa densidade, sendo elevado, principalmente, devido à pausas de pequena duração, acentuações fora do tempo forte e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo na introdução (I): A5-C5-D5-D#5-E5-G5-A5, em A: A5-D5-F5, em B: A5-C#5-E5-G5, em C: F#5-A5-E5-F#5-A5-C#5-E5, e em D: D#5-A5-C#5-E5.

domingo, 12 de junho de 2011

Machetazo - Trono De Huesos (2002)

GÊNERO: Crust Core
ORIGEM: Espanha (La Coruña / Galicia)
FORMAÇÃO:
Dopi (Vocal, bateria)
Rober (Guitarra, baixo)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas de pequena duração, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Dopi.
.
DESTAQUE: Ace Of Spades
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor) e forma I-A-B-A'-B-A'-C-D-A-B-A'-E-Coda. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à pausas e eventuais antecipações, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I, em B: III-I-VII-VI-I-VII-VI, em C: I-VII-I-VII-VI-V, em D: IV-V-IV, e em E: VII-VI-VII-VI-I-VII-I-VII-I, e na Coda: IV. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pelo baixo.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Living End - Roll On Single (2001)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Austrália (Melbourne / Victoria)
FORMAÇÃO:
Chris Cheney (Vocal, guitarra)
Scott Owen (Baixo acústico)
Travis Demsey (Bateria)
.
O single possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à pausas de pequena duração, variações de cadência, shuffle e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais dissonâncias. Destaque para os arranjos de guitarra por Chris Cheney.
.
DESTAQUE: Homestead
Música com compasso quaternário, tonalidade de E (Mi Maior) e forma I-A-B-A-B-C-D-E-A'-B-F-G-A''. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas de pequena duração e arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo dois acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal e modal, sendo na introdução (I): iii, em A: iii-iii2/i-I-V-VII/i-I, em B: IV-IV/IV-V-I, em C: IV/IV-IV-IV/IV/IV-IV/IV, em D: V-I, em E: iii-I, em F: IV/IV-VI/i-IV-V, e em G: V-VII/i-I.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Lash Out - Arriben Vaguen (1997)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Argentina (Campana / Buenos Aires)
FORMAÇÃO:
Buco Lash - Bernabe Cantlon (Vocal, guitarra)
Buglio Lord Conde Lash - Julio Golfo (Guitarra)
Leg Lash - Esteban Longobardi (Baixo)
Lau Out - Laureano Rodriguez (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações e acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuidno altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Buco Lash.
.
DESTAQUE: Three Points Alone
Música com compasso quaternário, tonalidade de G (Sol Maior) e forma I-A-B-C-A-B-C-C'-C. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência em C' e eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem oriundo de empréstimo tonal, sendo em A: IV-I-V-I, em B: IV/IV-IV-I-V, e em C: I-V-IV/IV-IV-III-II. A introdução (I) nada mais é do que o power chord do quarto grau executado de maneira solo pela guitarra.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

La Pestilencia - Balistica (2001)

GÊNERO: Hardcore
ORIGEM: Colômbia (Bogotá / Cundinamarca)
FORMAÇÃO:
Dilson Díaz (Vocal)
Carlos Marín (Guitarra)
Juan Gómez (Baixo)
Marcelo Gómez (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à acentuações fora do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Carlos Marín.
.
DESTAQUE: 14-16 (Sector De Limpieza)
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida e forma I-A-B-A-B-A'-B-A. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às variações de cadência e acentuações fora do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: E5-B5-E5-C5-E5-B5, e em B: G5-D5-Bb5-D5. A está em Em (Mi menor) e B está em Gm (Sol menor).

sábado, 4 de junho de 2011

Krewmen - Plague Of The Dead (1988)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: Inglaterra (Ipswich / Suffolk)
FORMAÇÃO:
Tony McMillan (Vocal, guitarra)
Mark Burke (Baixo acústico)
Steve Piper (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido aos frequentes shuffles, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico da tonalidade original, existindo frequentes acordes com função de dominante, o que causa a inclusão de acordes de passagem. Destaque para a execução dos arranjos de baixo por Mark Burke.
.
DESTAQUE: Legend Of The Piper
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma I-A-A'-B-A-B'-A'-B-A-B'-A'-B''-I. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido aos frequentes shuffles e pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico da tonalidade original, exceto pelo acorde do quinto grau, que é maior, o qual possui função de dominante, sendo em A: i-VII-i, e em B: iv-i-iv-V-i-VII-i-VII-V. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Kenne Highland Clan - Split [Exploding Pidgins] (1987)

GÊNERO: Garage Punk
ORIGEM: EUA (Boston-S.C. / Massachusetts)
FORMAÇÃO:
Kenne Highland (Vocal, guitarra)
Mike Quirk (Guitarra)
Bruce Hamel (Baixo)
Pete Taylor (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é p ouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords e acordes com a inclusão da terça. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Pete Taylor.
.
DESTAQUE: Humdinger
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-A-B-A'-B'-A-B-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, sendo em A: i-III-VII, e em B: VI-iv-i-III-VII-i-III-VII-VI-iv-V. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra.