sábado, 30 de novembro de 2013

Jam - This Is The Modern World (1977)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Inglaterra (Woking / Surrey)
FORMAÇÃO:
Paul Weller (Vocal, guitarra)
Bruce Foxton (Baixo)
Rick Buckler (Bateria, percussão)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura baixa e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo eventuais frases do baixo e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Paul Weller.
.
DESTAQUE: In The Street Today
Música com compasso quaternário, tonalidade de A (Lá Maior), e forma  I-A-B-A'-B-C-A''-B'-A'. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura baixa e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com acordes com a inclusão da terça, existindo dois acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal, bem como eventuais frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: IV-V-I, em B: V-VI-III-I-V/V, e em C: IV/IV-IV. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela bateria.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Iron Maiden - Powerslave (1984)

GÊNERO: Heavy Metal
ORIGEM: Inglaterra (Leyton / Londres)
FORMAÇÃO:
Bruce Dickinson (Vocal)
Dave Murray (Guitarra)
Adrian Smith (Guitarra)
Steve Harris (Baixo)
Nicko McBrain (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, bem como frequentes síncopas e arranjos específicos de cada instrumento, além de eventuais pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão elevados, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como frequentes riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos vocais por Bruce Dickinson.
.
DESTAQUE: Back In The Village
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma I-A-B-C-A-B-C-B'-D-A-B-C-E-C'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à arranjos específicos de cada instrumento, bem como eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes de passagem, em B, oriundos de cromatismo, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo na introdução (I): V, em A: V-III-IV-V, em B: I-VI-Cr-VII-Cr-I-VI-Cr-V, em C: I-VII-IV, em D: I-III-IV-V, e em E: II-I-V.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

I.R.A. - Barkizidio (1989)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: Colômbia (Medellín / Antioquia)
FORMAÇÃO:
David Viola (Vocal)
José Juan (Guitarra)
José R (Baixo)
Yoryi (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta e tônica da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por José Juan.
.
DESTAQUE: Barquizidio
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma  I-A-B-A-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente devido à frequentes antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta do acorde em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes cromatismos, sendo na introdução (I): Db-Ab-F-Ab-Gb, em A: G#-B-Bb-B-A-F#, e em B: G#-B-Bb-B-A.

domingo, 24 de novembro de 2013

Ingovernáveis - Reflexão (1998)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: Brasil (Belo Horizonte / Minas Gerais)
FORMAÇÃO:
Koji (Vocal)
Alex (Guitarra)
Parede - Cristiano (Baixo)
Piruca - Diogo (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais síncopas, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Alex.
.
DESTAQUE: Ponto De Vista
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-C-A-B-C-A. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às constantes síncopas, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-III-IV-I-VI-VII, em B: I-III-VII, e em C: I-VI-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Inadaptados - Esa Otra Realidad (2005)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Espanha (Cádis / Andaluzia)
FORMAÇÃO:
Javi (Vocal, guitarra)
Iván (Vocal, baixo)
Mario (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de baixo por Iván.
.
DESTAQUE: Palestina
Música com compasso quaternário, tonalidade de C (Dó Maior), e forma A-B-A'-B-C-D-C'-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-IV-V-I, em B: IV-V-I-VI-IV-V-I-IV-V-I-VII-VI-V-IV-V-I, em C: IV-V-I, e em D: IV-V-I-V.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

I Thrash, Therefore I Am! - I Thrash, Therefore I Am! (1985)

GÊNEROS: D-Beat / Street Punk / Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (San Diego-S.D.C. / Califórnia)
BANDAS: Mob 47 / Procuct Assar / Moderat Likvidation / Kuolema / Existenz / Akutt Inneggelse / Groteska Taskar / Xpozez / Anti Cimex / Raw Power / Enola Gay / T.A.S.K. / Rudolphs Rache / Mottek / Terveet Kädet
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, síncopas e pausas, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Coletânea lançada pelo selo BCT Records.
.
DESTAQUEEXISTENZ - Vägra
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-A-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso apesar das frequentes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência em A', bem como antecipações em A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo na introdução (I): I, em A: I-VII-I-VI-V-IV, e em B: IV-V-VI-V.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

I Shot Cyrus - Drunk Fools Vs. True Till Death (2002)

GÊNERO: Power Violence
ORIGEM: Brasil (São Paulo / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Kalota - Alexandre Fanucchi (Vocal)
Pedro Carvalho (Guitarra)
Choker (Guitarra)
Tatiana Sanson (Baixo)
Pierre (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 130 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à eventuais pausas e variações de cadência, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Pierre.
.
DESTAQUE: I Shot Cyrus
Música com compasso quaternário, tonalidade de Fm (Fá menor), e forma I-A-B-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à pausas na introdução, bem como eventuais variações de cadência, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo na introdução (I): II-I-II-III-IV, em A: II-I-III-IV, e em B: I-II-III-IV. Entre a introdução (I) e A existe uma ponte onde nada mais é do que a execução do power chord do primeiro grau.

sábado, 16 de novembro de 2013

Hot Water Music - Fuel For The Hate Game (1997)

GÊNERO: Emo Core
ORIGEM: EUA (Gainesville-A.C. / Flórida)
FORMAÇÃO:
Chuck Ragan (Vocal, guitarra)
Chris Wollard (Vocal, guitarra)
Jason Black (Baixo)
George Rebelo (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, pausas de pequena duração, acentos deslocados do tempo forte, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo eventuais contracantos e saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de bateria.
.
DESTAQUE: Rock Singer
Música com compasso quaternário, tonalidade de E (Mi Maior), e forma A-B-A-C-D-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à arranjos específicos de cada instrumento, em especial do baixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo constantes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: VI, em B: I-V-II, em C: I, e em D: I-VI-V.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Hook - Compiled Feelings (2006)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Espanha (Barcelona / Cataluña)
FORMAÇÃO:
Chipi (Vocal, guitarra)
Saldish (Guitarra)
Eric (Baixo)
Jaume (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à frequentes síncopas, variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, pausas de pequena duração, bem como antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes intervalos e acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Ghosts And Goblins
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma A-B-C-D-A'-B-C'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas de pequena duração, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos e acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, dois acordes de passagem oriundos de cromatismo e função de dominante subV, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VI-I-IV-V-VI-VII, em B: I-V-VI-VII-III-IV, em C: I-III-IV-VII-Cr-VI, e em D: I-VI-III-VII-V. Sempre após A existe uma ponte onde nada mais é do que a progressão III-IV-VI, sendo que na segunda vez desta, existe o acorde subV no final da sequencia.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Hit Me Back - Tambourine Thrashed Souls 'n' Roll Songs (2008)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Abraham Garcia (Vocal)
Albert Gamboa (Guitarra)
Moy (Baixo)
Danny Diaz (Bateria)
.
Álbum lançado em 2008, porém com gravações do período entre 2003 e 2006. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência e antecipações, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Danny Diaz.
.
DESTAQUE: El Numero 13
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor), e forma I-A-B-C-D-E. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, bem como eventuais antecipações, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-IV-VII-I-IV-VII-III-VII-III-VII, em B: I-III-VII-I-III-VII-III-VII-IV-VII, em C: I-III-VII-III-VII, em D: I-III-VII-I-III-VII-IV-VII-III-II, e em E: I-VII-I-III-IV-I-VII-I-IV-VII-III-II. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra. Entre A e B existe uma ponte onde nada mais é do que a execução do power chord do primeiro grau.

domingo, 10 de novembro de 2013

Hellhound! - Varo! Se Tulee... (1979)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Finlândia (Tampere / Pirkanmaa)
FORMAÇÃO:
Väiski - J-V. Sappinen (Vocal)
Jyrki Mattila (Guitarra)
Jari Granholm (Guitarra)
Jorma Peltonen (Baixo)
Manu Ojanen (Bateria)
.
O single possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos vocais por J-V. Sappinen.
.
DESTAQUE: Ota Mut Vielä Uudestaan
Música com compasso quaternário, tonalidade de Ab (Lá bemol Maior), e forma A-B-C-D-A-B-C-D-A-E. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à uma pausa, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem, em A, oriundo de cromatismo, sendo neste: IV-Cr-V, em B: I-IV-V-IV-I, em C: V-IV-I, em D: IV-I-IV-V-IV-I-V-IV-I, e em E: I-IV-V.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Heffer - Nothing Left To Say (2004)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Inglaterra (Essex)
FORMAÇÃO:
Chris (Vocal, guitarra)
Phil (Baixo)
Jim (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das frequentes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Chris.
.
DESTAQUE: Faceache
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor), e forma I-A-B-C-D-A-B-C-C'-A'. O ritmo é pouco denso apesar das frequentes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas ad tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII-III-VI-I-VII-III-VI-VII, em B: I-III-VI-VII, em C: I-VII-VI-I-VII-VI-VII, e em D: I-VI-I-VI-VII. A introdução (I) nada mais é do que o riff de guitarra de A executado de maneira solo.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Have Heart - Have Heart (2003)

GÊNERO: Hardcore
ORIGEM: EUA (New Bedford-B.C. / Massachusetts)
FORMAÇÃO:
Patrick Flynn (Vocal)
Ryan Hudon (Guitarra)
Eric St. Jacques (Guitarra)
Ryan Briggs (Baixo)
Justin Paling (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, bem como acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Patrick Flynn.
.
DESTAQUE: More Than Music
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-B'-A'-C-D-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais síncopas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo na introdução (I): Eb, em A: Eb-C-Db-C-Db, em B: Eb-F-C-Db, em C: F-Db-C-Ab, e em D: F-Eb-F-Eb-F-C-Db-Eb. Existem duas pontes, uma sempre antes de A onde nada mais é do que a harmonia de A executado com arranjo diferente, e outra entre B e B' onde nada mais é do que a execução do power chord de Eb.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Happy Meals - Toaster (1999)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Espanha (La Seu D'Urgell / Cataluña)
MEMBROS:
Guillem (Vocal, guitarra)
Gerard (Vocal, baixo)
Albert (Guitarra)
Roderic (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, pausas de pequena duração, síncopas, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, arranjos específicos de cada instrumento, bem como eventuais quiálteras, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo frequentes contracantos, bem como saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como frequentes intervalos de terça ou dissonâncias, e riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Release
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-C-D-E-F-G-A'-H-D'-E-A'. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às constantes síncopas, bem como frequentes acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, variações de cadência, além de eventuais pausas de pequena duração e quiálteras, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo saltos de até uma quinta de distância, bem como eventuais contracantos, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo um acorde de passagem oriundo de empréstimo tonal, em C, e outro oriundo de cromatismo, em F e em H, bem como eventuais intervalos de terça ou dissonâncias, além de frequentes riffs de guitarra e eventuais frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-III-VII-III-VI-V-VI-V, em B: I-III-IV-VI-III-VI-V, em C: I-VII-VI-VII-III-IV/VI-VI-VII, em D: VI-VII-I-VII-VI-VII-V, em E: I-VI-I-VI-III-VII, em F: VI-V-I-III-VI-III-VI-VII-Cr, em G: I-III-VI-VII, e em H: I-V-VI-III-VI-III-VI-VII-Cr. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra. Sempre após A existe uma ponte onde nada mais é do que a progressão harmônica I-VI-V-III-VI-III. Antes de F esta ponte está presente, também, porém segue pela cadência III-I.

sábado, 2 de novembro de 2013

Hangover Heartattack - A Tribute To Poison Idea (2003)

GÊNEROS: D-Beat / Hardcore / Street Punk / Crust Core / Hardcore Old School / Metalcore
ORIGEM: Alemanha (Hannover / Niedersachsen)
BANDAS: Bonehouse / Barcode / Godnose / Path Of Deconstruction / Calibre 12 / Baffdecks / Rat Bastards / Agrotóxico / Paintbox / Diavolo Rosso / Blasting Process / Kill Your Idols / Bolzen / Mata Ratos / Toe To Toe / 6000 Crazy / Ratos De Porão / Wolfbrigade / Hell Candidates / Tear Of A Doll
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Coletânea lançada pelo selo Farewell Records.
.
DESTAQUE: HELL CANDIDATES - Getting The Fear
Os instrumentos de corda possuem a corda grave com afinação um tom abaixo da afinação padrão. Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma I-A-B-A-B-C-D-B-A-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, em C, acentos deslocados do tempo forte, em B, bem como eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: VI-VII-I-VI-VII-I-VI-VII-V, em B: I, em C: VII-III-IV-VII-III-IV-VII-III-V, e em D: V-VI-IV-V-VI-IV-V-VI-V. A introdução (I) nada mais é do que B executado com arranjo diferente. Em B existe um riff executado com a tônica, terça, quarta e quinta da escala do tom.