sábado, 31 de janeiro de 2009

Dropkick Murphys - Live On St. Patrick's Day (2002)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: EUA (Quincy-N.C. / Massachusetts)
FORMAÇÃO:
Al Barr (Vocal)
Spicy McHaggis (Gaita de fole)
James Lynch (Guitarra)
Marc Orrell (Guitarra, acordeon)
Ryan Foltz (Bandolim, apito)
Ken Casey (Baixo)
Matt Kelly (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. As músicas têm ritmo pouco denso, apesar das eventuais pausas, mantendo a colcheia como figura ritmica predominante. Melodia que se movimenta bastante, na maioria das vezes, por graus conjuntos, podendo ocorrer, eventualmente, saltos de até uma oitava de distância. A harmonia é executada, em quase todo álbum, em power chords, podendo haver trechos onde é perceptível a presença de acordes com a inclusão da terça. Destaque para a criatividade melódica de Al Barr, Spicy McHaggis e Ryan Foltz.
.
DESTAQUE: Rocky Road To Dublin
Música com compasso quaternário (4/4), tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-A'-B-A''-B-A'-B-B'. O ritmo apresenta certa densidade devido às constantes pausas em A', além da acentuação no tempo fraco em A e suas variações. Melodia que caminha bastante, basicamente por graus conjuntos, podendo haver pequenos saltos em B. A harmonia é executada em power chords por uma das guitarras, e em acordes "abertos", ou seja, com inclusão da terça, por outra guitarra, sendo a introdução (I): I-VII-V-IV-I, em A: i-VII-i, e em B: i-VII-V-IV-I. Em A e nos dois primeiros acordes de B existe a inclusão de acordes com a presença da terça.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Dillinger Four - Situationist Comedy (2002)

GÊNERO: Pop Punk
ORIGEM: EUA (Minneapolis-H.C. / Minnesota)
FORMAÇÃO:
Erik Funk (Vocal, guitarra)
Patrick Costello (Vocal, baixo)
Bill Morrisette (Guitarra)
Lane Pederson (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. As músicas apresentam certa densidade rítmica devido às constantes variações de figuras rítmicas, sendo predominante as semicolcheias e síncopas. A melodia caminha bastante, basicamente, por graus conjuntos, podendo ocorrer algumas bordaduras ou notas de passagem. A harmonia é executada toda em power chords por uma das guitarras, deixando a outra livre para demais arranjos, sendo frequente a percepção de intervalos com terça ou oitava, além de eventuais acordes dissonantes. Destaque para os arranjos da guitarra.
.
DESTAQUE: Noble Stabbings!!
A música apresenta compasso quaternário (4/4), tonalidade de A (Lá maior) e forma I-A-B-C-A-B-C-D-D'-D''. A música possui certa densidade rítmica, com constante inclusões de síncopas e com frequente variação, além da figura, da cadência. Melodia pouco densa, caminhando eventualmente por graus conjuntos e mantendo-se, frequentemente, na tônica do acorde em questão. Harmonia executada toda em power chords por uma das guitarras, sendo perceptível, pela outra guitarra, a inclusão de acordes dissonantes, além de intervalos com terça ou quarta, às vezes invertidos, sendo a Introdução (I): I11/7M-IV-I-V-IV, em A: I-II-IV-V, em B: I11/7M-VI-II-IV, em C: I-V-III-VI-I-V-III-IV, e em D:I-II-IV. Existe uma pequena ponte entre C e D, onde nada mais é que uma das guitarras executando, de maneira solo, D.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Diesel Boy - Cock Rock (1996)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Santa Rosa-S.C. / California)
FORMAÇÃO:
Diesel Dave Lake (Vocal, guitarra)
Justin Werth (Guitarra)
Greg Hensley (Baixo)
Mike Schaus (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. Ritmo pouco denso, apesar da inclusão de diferentes figuras ritmicas ao decorrer do álbum, bem como as frequentes pausas. A densidade maior está na melodia, onde é perceptível a inclusão de frequentes saltos com extensão de 5ª justa, bem como bordaduras e a constante mudança de notas por graus conjuntos. A harmonia é executada toda em power chords, podendo haver sobreposições harmônicas por uma das guitarras fora desta característica, às vezes de maneira arpejada, outras não. Destaque para as composições melódicas de Diesel Dave Lake.
.
DESTAQUE: 3's & 4's
A música possui compasso quaternário (4/4), tonalidade de Am (Lá menor) e forma I-A-B-C-D-D'-D-C-B-A-I. Ritmo pouco denso, apesar das frequentes pausas (A) e antecipações (B), predominando as figuras da colcheia e semicolcheia. Melodia que caminha constantemente por graus conjuntos em relação ao acorde em questão, havendo frequentes saltos de até uma 5ª justa. A harmonia é quase toda executada em power chords, sendo frequente acordes de passagem oriundos de empréstimos modais, bem como antecipações, sendo a introdução (I): I, em A: I-VII-IV, em B: I-VII-IV-I, em C: V-IV-III-IV-III, e em D: I-VII-IV-I-VII-I-VII. Na introudução e em C, existe uma variação modal, portanto o 3º grau de C pertence à tonalidade de A (Lá maior), enquanto que na introução existe um riff de guitarra com as notas Ré, Dó#, Si, e Lá. Eventualmente, no 4º grau de B existe uma frase, executada pela guitarra, baseada na escala pentatônica menor em relação ao 1º grau, com inclusão de blue note.

domingo, 25 de janeiro de 2009

Dead Kennedys - Give Me Convenience Or Give Me Death (1987)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (São Francisco-S.F.B.A. / California)
FORMAÇÃO:
Jello Biafra (Vocal)
East Bay Ray (Guitarra)
6025 (Guitarra)
Klaus Flouride (Baixo)
Ted (Bateria)
D.H. Peligro (Bateria)
.
Álbum lançado em 1987, porém com músicas gravadas entre os anos de 1979 e 1982. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, apesar de existir eventuais pausas e alternâncias ritmicas, principalmente na condução da bateria, predominando as figuras da colcheia e semicolcheia. A melodia caminha bastante por graus conjuntos, podendo existir alguns saltos, chegando a uma diferença de altura de até uma oitava justa. A harmonia é basicamente executada em power chords, podendo existir trechos em que é perceptível a inclusão de acordes com terça. A inclusão de efeitos (delay) na guitarra é freqüente. Destaque para os solos e riffs de East Bay Ray.
.
DESTAQUE: Insight
A música possui compasso quaternário (4/4), não tem tonalidade definida e possui forma A-B-C-A-B-C-D. O ritmo é pouco denso, sendo as colcheias e semicolcheias as figuras predominantes, com frequentes inclusões de pausa. A melodia é pouco densa, mantendo-se, basicamente, na tônica do acorde em questão, havendo um salto longo em C. A harmonia é executada toda em power chords, com exceção da parte C, existindo frequente troca de acordes, sendo em A: G5-C5-C#5-G5-F5-E5-D#-D5-C5-A#5-G5-F5-G5, em B: C5-C#5-C5-A#5-G5-F5, em C: D-C-D-A-D-C-A#-A, e em D: D5-C5-D5-A5-D5-C5-F5-E5-D#5-D5-A5-G5-A5-E5-A5-G5-A5. Sempre entre B e C existe uma ponte, onde: D5-C5-A5-G5-A5. Em A, ao invés dos três primeiros acordes, existe um riff, feito por todos instrumentos de corda, utilizando as notas Sol, Lá#, Dó, e Dó#, podendo ser harmonizado com a sugestão acima.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Damned - Phantasmagoria (1985)

GÊNERO: Pós Punk
ORIGEM: Inglaterra (Londres / Londres)
FORMAÇÃO:
Dave Vanian (Vocal)
Roman Jugg (Guitarra, teclado)
Bryn Merrick (Baixo)
Rat Scabies (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, havendo poucos trechos com variações de figuras ritmicas, predominando a colcheia. A melodia, apesar de caminhar bastante, não apresenta grande densidade, já que a mesma anda, geralmente, por graus conjuntos, evitando longos saltos, quando ocorre, não ultrapassa o intervalo de 5ª justa. A harmonia, executada pela guitarra (a qual possui pouco ganho de distorsão) e pelo teclado, é composta por acordes que se mantém no campo harmônico da tonalidade original, ocorrendo, eventualmente, a inclusão de acordes de passagem. Destaque para a dinâmica melódica de Dave Vanian.
.
DESTAQUE: Edward The Bear
A música possui compasso quaternário (4/4), tonalidade de Dm (Ré menor) e forma I-A-B-C-B-C'-A'-D-C-A. Ritmo pouco denso, mantendo, como figura predominante, a colcheia, existindo a inclusão de eventuais pausas. A melodia caminha pouco e, basicamente, por graus conjuntos, repousando, na maior parte dos casos, na tônica do acorde em questão. A harmonia executada pela guitarra é freqüentemente composta de maneira arpejada e sem distorsão, sendo o 5º grau maior devido à função de dominante, quando na Introdução (I): I-VII-IV, em A: i-III-IV, em B:i-VII-IV-i, em C: i-V, em D: V-ii(5#)-III-i-V-ii(5#)-III-VII-i. O 1º grau da introdução é maior devido a um empréstimo modal, entre C e A existe uma pequena ponte onde o teclado executa, enquanto os demais instrumentos deixam o acorde soar, o 1º grau.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Cramps - Smell Of Female (1983)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: EUA (Sacramento-S.C. / California)
FORMAÇÃO:
Lux Interior - Erick Purkhiser (Vocal)
Poison Ivy - Kristy Wallace (Guitarra)
Kid Congo Powers - Brian Tristan (Guitarra)
Nick Knox (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, tendo a colcheia como figura predominante. Melodia pouco densa, mantendo-se, frequentemente, na tônica do acorde, eventualmente caminhando pelas notas da tríade do acorde. A harmonia é executada toda em power chords, geralmente com cadência padrão do Blues (I-IV-V), tendo a inclusão de frequentes riffs executados por Poison Ivy Rorschach, ou então acordes executados de maneira arpejada pela instrumentista. Destaque para os riffs de Poison Ivy Rorschach.
.
DESTAQUE: Faster Pussycat
A música possui compasso quaternário, tonalidade de F#m (Fá sustenido menor) e forma I-A-B-A-B'-B-A-C. Ritmo pouco denso, apesar da frequente inclusão de pausas de colcheia na parte A. A melodia baseia-se na tríade dos acordes em questão, caminhando pouco e evitando grandes saltos. A harmonia é toda executada em power chords, havendo a presença de acordes de passagem oriundos de empréstimo tonal, bem como a frequente presença de riffs da guitarra, sendo a Introdução (I): V, em A: V-III-II-I-VI-IV/VI-VI, em B: IV/VI-III-IV/VI-I-IV-III-II-V, e em C: IV/VI-VI. Existe uma pequena ponte entre B' e B executado de maneira solo pela guitarra onde é executado o cromatismo C#-C-B-A#, sendo um tempo para cada nota (duas colcheias por tempo).

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Clash - Clash (1977)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Inglaterra (Londres / Londres)
FORMAÇÃO:
Mick Jones (Vocal, guitarra)
Joe Strummer (Vocal, guitarra)
Paul Simonon (Baixo)
Terry Chimes (Bateria)
Topper Headon (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso apesar de existir músicas com ritmo ska, predominando a colcheia como figura ritmica. A melodia caminha pouco, e quando ocorre, geralmente é por graus conjuntos e mantendo a tônica do acorde em questão. A harmonia é executada em power chords, podendo haver trechos com a presença da terça nos acordes, estes executados na posição de pestana, principalmente quando a música está em ritmo ska. Destaque para as eventuais dobras do acorde em questão.
.
DESTAQUE: White Man In Hammersmith Palais
A música possui compasso quaternário (4/4), tonalidade de A (Lá maior) e forma A-B-A'-C-B-C'-B-B'-C. Ritmo que varia entre punk rock e ska, sendo a colcheia a figura predominante. Melodia que caminha pouco, mantendo-se, na maior parte do tempo, na tônica do acorde, caminhando por graus conjuntos. A harmonia é executada em power chords, com exceção da parte B que é executada com acordes na posição de pestana, podendo haver dobra do acorde pela outra guitarra em altura / ritmo diferentes, sendo A: I-V-VII-I-VII-I, em B: I-V-iii-IV-I-V-vi-IV-I-V-I, em C: I-V-I-IV. O 7° grau de A é maior, sendo ele um G oriundo de um empréstimo modal, B é executado em ritmo ska com os acordes em posição de pestana.

sábado, 17 de janeiro de 2009

Bümbklaatt - Ciegos (2004)

GÊNERO: Crust Core
ORIGEM: México (Tijuana / Baja California)
FORMAÇÃO:
Oscar (Vocal, baixo)
Adrian (Vocal, bateria)
Ubaldo (Guitarra)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 130 bpm. Ritmo bastante cadenciado, porém com pouca densidade, mantendo, frequentemente, as mesmas figuras ritmicas. Melodia que mantém-se na mesma altura, na maior parte do tempo, devido ao vocal gutural. A harmonia é executada toda em power chords, com frequentes trocas de acorde, que formam uma característica: não possuir tonalidadade definida. Destaque para as diferentes cadências ritmicas.
.
DESTAQUE: Ojos Rojos
A música possui compasso quaternário (4/4), não tem tonalidade definida e forma I-A-B-A'-B-A'-B-A'-C-P-D-E-D-E'-F. Ritmo com diferentes cadências ao decorrer da música, variando-as de parte em parte. Melodia se mantém quase sempre na mesma altura, com vocal gutural, mudando sua extensão no momento em que entra a segunda voz, que mantém as mesmas características da primeira, porém em altura mais elevada. Harmonia sem tonalidade definida, acordes executados todos em power chords, sendo este executado de forma arpejada, pela guitarra sem distorsão, em E, sendo a introdução (I) nada mais que A executado sem a guitarra. Em A: E, em B: E5-A#5-E5-A#5-B5-A#5, em C: A#5-D5-E5-A#5-E5-D5-A#5-E5-D5-A#5-D5-A#5, em D: D#5-C5-A5-F#5-D#5-F#5-D#5-C5-D#5-F#5-C5, em E: D#5-A5, e em F: E5-G5-A#5-A5-E5-F5-G5-A5-G5-F5. Existe uma pequena ponte entre C e D, executada pela guitarra, de maneira solo: D5-D#5.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Black Sabbath - Demo (1970)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: Inglaterra (Birmingham / West Midlands)
FORMAÇÃO:
Ozzy Osbourne (Vocal)
Tony Iommi (Guitarra)
Geezer Butler (Baixo)
Bill Ward (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 80 bpm. Ritmo bastante denso, sendo alternado diversas figuras ritmicas diferentes. Melodia que caminha bastante, geralmente por graus conjuntos, ocorrendo freqüentes saltos de até uma oitava. A extensão melódica é bastante grande, sendo, geralmente, conduzida até os extremos. A harmonia é basicamente executada em power chords, podendo ocorrer alguns acordes dissonantes em eventuais trechos, geralmente com a inclusão da sétima ou com a formação do dibolus in musica, ou seja, a formação do trítono no acorde, estes executados, na maioria dos casos, de maneira arpejada. Destaque para os momentos de improvisação.
.
DESTAQUE: Walpurgis
A música possui compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-C-B-C'-A-B-D-E-D'. Ritmo bastante variado, podendo encontrar diversas figuras diferentes intercalando-se. Melodia que caminha bastante por graus conjuntos, além de existir freqüentes trechos com saltos de até uma oitava, bem como a presença de bordaduras. A harmonia é basicamente executada em power chords com freqüentes inclusões de riffs por Tony Iommi, sendo incluso o acorde com 7ª na parte D, acompanahado pelo baixo que caminha bastante. Na introdução (I) temos: I-VII, em A: I-VII-I, em B: VII-I-III-II-Cr-I, em C: I, em D: I7-I-V-VII-I7-I-III-I-I7-VII7-VI7-V-VI-V, e em E: I-VII. Em B existe um acorde de passagem devido a uma aproximação cromática, e em E existe um riff de Tony Iommi sucedido de um solo.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Bad Religion - Radiation Hazard (1995)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Greg Graffin (Vocal)
Greg Hetson (Guitarra)
Brett Gurewitz (Guitarra)
Jay Bentley (Baixo)
Pete Finestone (Bateria)
.
Álbum com músicas de compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. A afinação dos instrumentos de corda está meio tom (e alguns microtons) abaixo da afinação padrão. Ritmo pouco denso, predominando as colcheias e semicolcheias, formando eventuais síncopas. A melodia caminha bastante, basicamente por graus conjuntos podendo haver saltos de até uma oitava, eventualmente ocorre a inclusão de contracanto passivo. A harmonia é executada toda em power chords, sendo incluso, por uma das guitarras, o acorde com a terça em frequentes ocasiões, mantendo, na maior parte do tempo, o campo harmônico da tonalidade original. Destaque para a criatividade melódica de Greg Graffin.
.
DESTAQUE: The Answer
A música possui compasso quaternário, tonalidadade de Ebm (Mi bemol menor) e forma I-A-B-A'-A-C-B-D. O ritmo possui a colcheia como figura predominante. A melodia caminha bastante por graus conjuntos ocorrendo alguns saltos de quinta justa, e a inclusão de contracanto passivo na parte C. A harmonia é toda executada em power chords, sendo a introdução (I): V-VI-IV-VI-VII-I-V, em A: I-V-VI-V-I-V-VI-IV-VII-I-III-VI-VII-V-VI-IV-VI-VII-I-V, em B: I-III-VI-VII-I-III-VI-V-VI-IV-VI-VII-I-V, em C: I-VI-III-VII, e em D: VI-VII-I.

domingo, 11 de janeiro de 2009

Avail - One Wrench (2000)

GÊNERO: Hardcore
ORIGEM: EUA (Richmond / Virginia)
FORMAÇÃO:
Tim Barry (Vocal)
Joe Banks (Guitarra)
Gwomper (Baixo)
Ed Trask (Bateria)
.
O álbum apresenta músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo apresenta certa densidade, tendo em vista que existe diversas cadências diferentes durante as músicas, bem como a frequente inclusão de síncopas. A melodia não varia muito, mantendo-se, geralmente, em uma das notas da tráde do acorde em questão, ocorrendo saltos grandes em eventuais trechos. A harmonia é executada em power chords, mantendo o campo harmônico da tonalidade original em maior parte do tempo. Destaque para os eventuais riffs de Joe Banks.
.
DESTAQUE: Rest
A música possui compasso quaternário (4/4), tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-C-A-B-C-I'-D-A'-B'-I. O ritmo sincopado é a figura predominante, sendo frequente a presença de colcheias e semicolcheias. A melodia varia pouco, mantendo-se, na maior parte do tempo na tônica do acorde, existindo, também, a inclusão de vozes atuando como contracanto passivo em D. A harmonia é executada em power chords, sendo a introdução (I): VI-III-VI-VII-IV-VII-I, em A: I-VII-I, em B: VI-VII-I-VI-V-VI-VII-I, em C: III-VII-VI-VII-I, e em D: I-VI-III-VII-VI-VII-I. Destaque para A, onde existe um riff de guitarra no segundo acorde.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Angry Samoans - Inside My Brain (1980)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Metal Mike Saunders (Vocal, guitarra)
Gregg Turner (Vocal, guitarra)
P.J. Galligan (Guitarra)
Kevin Eric Saunders (Guitarra)
Todd Homer (Baixo)
Bill Vockeroth (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo basicamente executado em colcheias e semicolcheias. A melodia também é pouco densa, mantendo-se, freqüentemente, na tônica do acorde, sendo conduzida apenas por graus conjuntos. A harmonia possui pouca densidade e é executada em power chords, com eventuais acordes com a inclusão da terça. Destaque para os eventuais acordes com inclusão da terça.
.
DESTAQUE: Inside My Brain
A música possui compasso quaternário (4/4), tonalidade de F#m (Fá sustenido menor) e forma A-B-A-B-C-D. A colcheia é a figura ritmica predominante, porém a semicolcheia aparece com freqüência. A melodia caminha pouco, mantendo-se, na maior parte do tempo, em uníssono com a tônica do acorde, os quais são executados todos em power chords. Em A, a cadência harmônica é: I-III-IV-III-I, em B: V-III-I-IV-III-I-VII, em C: IV-VII-V-III-V-III, e em D: I-VII-V-III-I.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

AFI - Live At Emos (2000)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Ukiah-M.C. / California)
FORMAÇÃO:
Davey Havok (Vocal)
Jade Puget (Guitarra)
Hunter Burgan (Baixo)
Adam Carson (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm, além de ter a afinação dos instrumentos de corda meio tom abaixo do padrão. O ritmo é bastante denso, ocorrendo diversas variações, sendo a inclusão de pausas de pequena duração bastante freqüente e a semicolcheia como figura padrão. A melodia caminha bastante, ocorrendo saltos que, eventualmente, alcançam uma oitava, sendo freqüente a inclusão de bordaduras. A harmonia é executada, basicamente, em power chords, sendo freqüente a utilização do acorde diminuto como de passagem. Destaque para a dinâmica melódica imposta por Davey Havok.
.
DESTAQUE: A Single Second
Compasso quaternário (4/4), tonalidade de F#m (Fá sustenido menor) com forma I-A-B-I-A-B-I-C-B-I. Existe uma pequena ponte após a introdução (I) que nada mais é do que A executado solo por Hunter Burgan. Ritmo bastante variado, sendo comum a utilização de síncopas. A melodia é bem trabalhada por Davey Havok, o qual procura não manter parado na mesma altura por muito tempo, bem como a manutenção da tônica do acorde. A harmonia é executada toda em power chords, sendo a Introdução (I): I, em A: I-III-IV-V-VI-VII-VI-V-VI-V, em B: I-VI-III-VII, e em C: I-III-IV-V-VI-I-III-VII-VI-V-I.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Adolescents - Brats In Battalions (1987)

GÊNERO: Skate Punk
ORIGEM: EUA (Fullerton-O.C. / California)
FORMAÇÃO:
Tony Montana (Vocal)
Rikk Agnew (Guitarra)
Dan Colburn (Guitarra)
Alfie Agnew (Guitarra)
Steve Soto (Baixo)
Sandy Hanson (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como acordes de passagem. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Peasant Song
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-A-B-C-A'-B-A. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente devido à variação de cadência em C, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, mantendo a tônica do acorde em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo uma variação modal em C, o qual é executado de maneira arpejada, sendo em A: II-V-II-V-II, em B: IV-V-I-III e em C: I. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente. Em C ocorre uma variação modal, sendo o acorde executado, além das guitarras, por um violão, de maneira arpejada.

domingo, 4 de janeiro de 2009

AC/DC - Stiff Upper Lip (2000)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: Austrália (Sydney / New South Wales)
FORMAÇÃO:
Brian Johnson (Vocal)
Angus Young (Guitarra)
Malcolm Young (Guitarra)
Cliff Williams (Baixo)
Phil Rudd (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 90 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à arranjos específicos de cada instrumento, em especial da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. Os acordes mantém-se dentro do campo harmônico, existindo freqüentes acordes de passagem oriundos de empréstimos modais, bem como a utilização de acordes invertidos devido ao baixo ser executado de maneira pedal. Destaque para os riffs de Angus Young.
.
DESTAQUE: Can't Stop Rock'n'Roll
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma I-A-B-A-B-A-A'-C-A-A'-A-I'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às pausas do arranjo de guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia possui um acorde de passagem (4º grau) oriundo de empréstimo modal, existindo constante riff de guitarra que ajuda a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: i-VII-IV, em B: i-VII-IV-III-i-III, e em C: i-VII-IV-III-i-III-IV-VI-VII-i-III-IV. A introdução (I) nada mais é do que B executado com arranjo diferente. Sempre após B existe uma ponte onde nada mais é do que a progressão VI-i-VI-VII-IV.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

7 Seconds - Old School (1991)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Reno-W.C. / Nevada)
FORMAÇÃO:
Kevin Seconds (Vocal, guitarra)
Steve Youth (Baixo)
Troy Mowat (Bateria)

Lançado em 1991 porém com gravações de 1983. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, em graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais acordes de passagem. Destaque para os arranjos de baixo por Steve Youth.

DESTAQUE: Wasted Life (Ain't No Crime)
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor), e forma A-B-A-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: V-II-III-VII-I, e em B: V-III-IV-I. Entre B e A' existe uma ponte onde nada mais é do que B' executado de maneira solo pelo baixo.