sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Dropnose - Punkrock Rendez-Vous (1999)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Inglaterra (Sunderland / Tyne And Wear)
FORMAÇÃO:
Iz (Vocal, bateria)
Sellick (Guitarra)
Heysi (Baixo)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas, acentos deslocados do tempo forte e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Iz.
.
DESTAQUE: Better Than This
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma A-B-A'-B-C-D. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e acentos deslocados do tempo forte, bem como a variação de cadência em C e D, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos de terça, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VI-VII-V, em B: III-VII-I-V-VI-VII, em C: I-VI-IV-V, e em D: VI-VII-VI-VII-VI-IV-VI-I.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

D.R.I. - Full Speed Ahead (1995)

GÊNERO: Crossover
ORIGEM: EUA (Houston-H.C. / Texas)
FORMAÇÃO:
Kurt Brecht (Vocal)
Spike Cassidy (Guitarra)
Chumly Porter (Baixo)
Rob Rampy (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas, acentos deslocados do tempo forte e antecipações, bem como eventuais síncopas, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos e acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Spike Cassidy.
.
DESTAQUE: Problem Addict
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-C-A-B-C'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, síncopas, e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: F#-C-B-A-F#-C-B-A-G, em B: B-D-A-G-C-B-D-A-C-D, e em C: F#-C-B-A-F#-E-A-F#-C-B-A-F#-E-A-F#-E-A-F#. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente. Entre C e A existe uma ponte, onde nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Down By Fire - Reignition (2006)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Phoenix-M.C. / Arizona)
FORMAÇÃO:
Mike Spero (Vocal, baixo)
Justin Spurrier (Guitarra)
Jake Stevens (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados meio tom abaixo da afinação padrão. O ritmo é pouco denso apesar das frequentes síncopas, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, antecipações e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos ou acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Justin Spurrier.
.
DESTAQUE: Stalefish
Música com compasso quaternário, tonalidade de D#m (Ré sustenido menor), e forma I-A-B-A'-B'-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, síncopas, e pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem oriundo do cromatismo do blue note, bem como eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII-I-III-IV-I-VII-I-III-Cr-IV-III-I-VII-I-III-IV-V, e em B: I-VI-IV-VII-I-VI-IV-Cr-IV-III. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

sábado, 24 de agosto de 2013

Dominatrix - Little Grrrls (1996)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Brasil (São Paulo / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Elisa Gargiulo (Vocal, guitarra)
Ana Pereira (Guitarra)
Isabella Gargiulo (Baixo)
Estela Homem (Bateria)
.
A demo possui músicas com compasso quaternário, e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Elisa Gargiulo.
.
DESTAQUE: Pot Chicks
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor), e forma I-A-B-A-B-A'-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como a mais frequente. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos de terça ou quarta, bem como frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII-III, e em B: III-VII-IV-I. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo por uma das guitarras. Sempre após B, inclusive no final, existe uma ponte, onde nada mais é do que a progressão VII-V-II.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Dog'gie Dogg - Kick Up (2001)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: Japão
FORMAÇÃO:
Martin (Vocal, banjo, bandolim)
Tora (Baixo acústico)
Naoki (Bateria, kazoo)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso apesar dos constantes shuffles, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com eventuais acordes de passagem, existindo eventuais riffs de guitarra, bem como constantes frase do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de baixo por Tora.
.
DESTAQUE: Trail Of Tears
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor), e forma I-A-B-A-C-D-A-B-D. O ritmo é pouco denso apesar dos constantes shuffles, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais quiálteras, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia possui um acorde de passagem oriundo da função de dominante, sendo em A: I-VII-I, em B: VI-VII-I-VI-VII-I-VI-V, em C: VI-I-VI-I-VI-V, e em D: I-VII. A introdução (I) nada mais é do que o primeiro grau executado de maneira solo pelo baixo. A música possui uma ponte, sempre, após D, onde nada mais é do que o arranjo da introdução (I).

terça-feira, 20 de agosto de 2013

D.O.A. - The Dawning Of A New Error (1992)

GÊNERO: Skate Punk
ORIGEM: Canadá (Vancouver / British Columbia)
FORMAÇÃO:
Shithead - Joey Keithley (Vocal, guitarra)
Dave Gregg (Guitarra)
Randy Rampage (Baixo)
Wimpy Roy - Brain Goble (Baixo)
Chuck Biscuits (Bateria)
Greg James (Bateria)
Dimwit (Bateria)
.
Álbum lançado em 1992, porém com gravações do período entre 1978 e 1985. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, bem como antecipações, pausas e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Murder In Hollywood
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-C-A-B-C-A'-C-D. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é referente à Lá, às vezes menor, às vezes mixolídio, e é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo na introdução (I): A, em A: A-G-F#, em B: A-C-B-A-C-B-C-D, em C: D-A-B-C-G-A-B-C-G-A, e em D: F-E-C-D-C-A-E.

domingo, 18 de agosto de 2013

Disco Volante - Big Dick Hans (2002)

GÊNERO: Garage Punk
ORIGEM: Suécia (Malmö / Scania)
FORMAÇÃO:
Lovisa F (Vocal, guitarra)
Jannicke H (Guitarra)
Pernilla E (Baixo)
Linus R (Bateria)
.
O single possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Lovisa F.
.
DESTAQUE: Big Dick Hans
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma A-B-C-B-C'-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem, em A, oriundo de cromatismo, sendo em A: I-IV-III-VII-Cr, em B: I-VII-III-I-VII, e em C: I-IV-II-III-II.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Dillinger Four - This Shit Is Genius (1999)

GÊNERO: Pop Punk
ORIGEM: EUA (Minneapolis-H.C. / Minnesota)
FORMAÇÃO:
Erik Funk (Vocal, guitarra)
Patrick Costello (Vocal, baixo)
Bill Morrisette (Guitarra)
Lane Pederson (Bateria)
.
Álbum lançado em 1999, porém com gravações do período entre 1995 e 1997. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à frequentes variações de cadência, bem como eventuais síncopas, pausas, antecipações e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes ou intervalos de terça, bem como riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Inquiring Minds (Should Read A Book)
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A'-B'-C. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, pausas, bem como eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, sendo na introdução (I): B-D, em A: A-E-B-A-E-G#-F#-E-B-E-F#-G#-A, em B: E-G#-A, e em C: E-G#-A-B-E-G#-A-B-E-G#-C#-A-E.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Die Böse Hand - Strike Out (2004)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: Alemanha
FORMAÇÃO:
Co - Martin Coburger (Vocal, guitarra)
Junge - Karl Martin Kircher (Vocal, baixo)
Ulf Jachimsky (Bateria)
.
Álbum lançado em 2004, porém com gravações do período entre 1990 e 1999. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, bem como eventuais antecipações e pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Ulf Jachimsky.
.
DESTAQUE: Heute Norm - Morgen Tod
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma A-B-A'-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso apesar das constantes síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-V-VII-I, e em B: VI-V.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Dick Dale And His Del-Tones - Surfer's Choice (1962)

GÊNERO: Surf Music
ORIGEM: EUA (Boston-S.C. / Massachusetts)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais compassos compostos, pausas, variações de cadência, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão elevados, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico da harmonia em questão, existindo frequentes riffs de guitarra e frases de outros instrumentos que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra por Dick Dale.
.
DESTAQUE: Surf Beat
Música com compasso quaternário, tonalidade de E (Mi Maior), e forma A-A'-A''-A'-A'''-A''''-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas, bem como arranjos específicos da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, baseado na escala pentatônica de Mi menor, possuindo altura e extensão elevados, mantendo a tônica do acorde em questão como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico da tonalidade, sendo em A: I-IV-I-V-IV-I.

sábado, 10 de agosto de 2013

DFL - My Crazy Life (1994)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Beverly Hills-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Tom Davis (Vocal)
Monte Messex (Guitarra)
Adam Horovitz (Baixo)
Tony Converse (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variações de cadência, bem como eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Monte Messex.
.
DESTAQUE: America's Most Hardcore
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-A'-B-A'-B-A-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à variação de cadência de A, bem como eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: F#-C#-D-A, e em B: Ab-G-Eb-D. Sempre após A existe uma ponte, onde nada mais é do que A' executado de maneira solo pela guitarra.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Destruction - Cracked Brain (1990)

GÊNERO: Thrash Metal
ORIGEM: Alemanha (Weil Am Rhein / Baden-Württemberg)
FORMAÇÃO:
André Grieder (Vocal)
Mike Sifringer (Guitarra, baixo)
Harry Wilkens (Guitarra, baixo)
Olly - Oliver Kaiser (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente devido à variações de cadência, pausas, antecipações, acentos deslocados do tempo forte, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da guitarra, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura pouco elevada e extensão elevada, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos ou acordes dissonantes, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a participação de Christian Engler tocando baixo.
.
DESTAQUE: Die A Day Before You're Born
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma A-A'-B-A-C-B'-A-A'-B-A-C-B''-D-E-F-D'-Coda. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, acentos deslocados do tempo forte, antecipações, bem como arranjos específicos de cada instrumento, em especial da guitarra, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura pouco elevada e extensão elevada, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais intervalos dissonantes e cromatismos, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: E-G, em B: E-Eb-Gb-G-B-Bb, em C: E-Bb, em D: E-E5b, em E: G-Bb-C-G-C-Bb, em F: E-Eb-D-Db-C-B-Bb-A-Ab-G-Gb-F-E-Eb, e na Coda: E-F#-G. Entre D e E existe uma ponte, onde nada mais é do que a mesma progressão harmônica da Coda.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Descendents - Liveage! (1987)

GÊNERO: Skate Punk
ORIGEM: EUA (Manhattan Beach-L.A.C. / Califórnia)
FORMAÇÃO:
Milo Aukerman (Vocal)
Stephen Egerton (Guitarra)
Karl Alvarez (Baixo)
Bill Stevenson (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variações de cadência, antecipações, pausas, acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como eventuais variações de compasso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chortds, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, bem como frequentes riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de bateria por Bill Stevenson.
.
DESTAQUE: Descendents
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor), e forma A-B-C-D-A-B-C-D'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-III-I-III-IV, em B: IV-VI-I-III-VII-V, em C: V-VI-VII-IV-I-VII-IV-I, e em D: III-II-VII-IV-I-VII-IV-I-III-I-III-II.

domingo, 4 de agosto de 2013

Demented Are Go - The Day The Earth Spat Blood (1989)

GÊNERO: Psychobilly
ORIGEM: País De Gales (Cardiff / South Glamorgan)
FORMAÇÃO:
Sparky Retard De Ville (Vocal)
Lord Adonis Claypole Montcrief VII (Guitarra)
Bill Doody Mindwrencher (Baixo acústico)
Anton The Impaler (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso apesar dos constantes shuffles, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais acordes com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a participação de Buster Hymen tocando violino.
.
DESTAQUE: Flight 103
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor), e forma A-B-C-A-B-C-A-D-B'-C'-A-B-C-A-D'. O ritmo é pouco denso apesar dos constantes shuffles, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo um acorde de passagem, em A e C, oriundo de empréstimo modal (dominante), bem como eventuais acordes com a inclusão da terça e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-V, em B: I-IV-I, em C: VI-III-V, e em D: IV-VII-I.

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Death Side - The Will Never Die (1994)

GÊNERO: D-Beat
ORIGEM: Japão (Tóquio / Kanto)
FORMAÇÃO:
Ishiya (Vocal)
Chelsea (Guitarra)
You (Baixo)
Muka-Chin (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações e síncopas, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Chelsea.
.
DESTAQUE: Profound Freedom
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A-B-A'-B'-A-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais antecipações e síncopas, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: D-F-G-F, e em B: C-A-C-Eb. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.