quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Iggy Pop - King Biscuit Flower Hour (1988)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: EUA (Ann Arbor-W.C. / Michigan)
FORMAÇÃO:
Iggy Pop (Vocal)
Andy McCoy (Guitarra)
Seamus Beaghen (Teclado)
Alvin Gibbs (Baixo)
Paul Garristo (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 95 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à arranjos específicos de cada instrumento, além de eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada, eventualmente, por acordes com a inclusão da terça, quando não pela guitarra, pelo teclado, senão esta é executada por power chords, além de frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para as improvisações individuais de cada instrumentista.
.
DESTAQUE: Search And Destroy
Música com compasso quaternário, tonalidade de Cm (Dó menor) e forma A-A'-B-C-A'-B-C-D-A-A'-B-C-D-D'-E. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII-VI-VII-I-III-I, em B: I-VII-VI-VII, em C: IV-VI-VII-V, em D: I-VII-VI-VII, e em E: I-VII-III.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

H2O - Go (2001)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Nova York / Nova York)
FORMAÇÃO:
Toby Morse (Vocal)
Todd Morse (Guitarra)
Rusty Pistachio (Guitarra)
Adam Blake (Baixo)
Todd Friend (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, apesar das frequentes síncopas, sendo elevado em eventuais trechos devido à pausas, variações de cadência ou arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, além de eventuais power chords invertidos, estes, geralmente, executados de maneira arpejada. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Ripe Or Rotting?
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma A-B-C-D-A-B-C-D-A-A'-A. O ritmo é pouco denso, apesar das frequentes síncopas, sendo elevado devido à arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo constante riff de guitarra em A que ajuda a caracterizar a harmonia em questão, sendo nesta: I-III-IV, em B: V-III-IV, em C: V/III-III, e em D: VII-VI-V. C está na tonalidade relativa (Sol Maior). Após A' existe uma ponte, onde existe a cadência VI-VII.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Guttermouth - Gusto (2002)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: EUA (Huntington Beach-O.C. / California)
FORMAÇÃO:
Mark Adkins (Vocal)
Scott Sheldon (Guitarra)
Eric Derek Davis (Guitarra)
Hedge (Baixo)
William Tyler Ty Smith (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, principalmente, devido à arranjos específicos de cada instrumento em eventuais trechos, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais trechos onde acordes com a inclusão da terça são executados, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Mark Adkins.
.
DESTAQUE: Vacation
Música com compasso quaternário, tonalidade de E (Mi Maior) e forma I-A-B-A-B-B'-A'-B''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às pausas, principalmente, de A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo em B acordes com a inclusão da terça, bem como constantes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-IV/IV-IV, e em B: I-IV/IV-IV. A introdução (I) nada mais é do que B executado com arranjo diferente. O constante riff de guitarra é executado com as notas Mi, Sol#, Lá, Si, Lá, Dó#, Ré e Mi, respectivamente.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Goldfinger - Stomping Ground (2000)

GÊNERO: Pop Punk
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
John Feldmann (Vocal, guitarra)
Charlie Paulson (Guitarra)
Kelly LeMieux (Baixo)
Darrin Pfeiffer (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às variações de cadência, além de eventuais síncopas ou acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais trechos onde acordes com a inclusão da terça são executados, bem como eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: The End Of The Day
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida e forma A-B-A'-B-A'-B'-C. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à variação de cadência, pausas e arranjos específicos em determinados trechos, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade do acorde como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo inversão na ponte existente após A', sendo em A: D5-Bb5-E5-C5-D5-Eb5-G5-Ab5, em B: E5-F5-A5-Bb5, e em C: F5-G5-Bb5-C5. Sempre depois de A' existe uma ponte onde a progressão A/C#-B/F#-E é executada.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Garotos Podres - Canções Para Ninar (1993)

GÊNERO: Oi!
ORIGEM: Brasil (Mauá / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Mao (Vocal)
Mauro (Guitarra)
Sukata (Baixo)
Português (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra ou frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Mao.
.
DESTAQUE: Fernandinho Veadinho
Música com compasso quternário, tonalidade de D (Ré Maior) e forma I-A-B-A-B-A-B-A-B-A'-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em A'' devido à variação de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo a introdução (I): I-Cr, em A: I-VII-I-IV-V, e em B: V. O cromatismo da introdução é meio tom abaixo do power chord do quinto grau.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Fun People - Arlequines (Cuando Cae El Sol) (1995)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: Argentina (Campana / Buenos Aires)
FORMAÇÃO:
Nekro - Carlos Rodriguez (Vocal)
Lucass - Lucas Sequeira (Guitarra)
Chuli - Julian Pogiese (Baixo)
Gato - Sebastian Garay (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais partes devido à acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, existindo saltos de até uma oitava de distância, possuindo altura e extensão elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Nekro.
.
DESTAQUE: Sin Color
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma A-A'-B-A-A'. O ritmo é pouco denso, sendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo altura e extensão elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um riff de guitarra constante em A que ajuda a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: II-V/II-I-V, e em B: II-I-II-III-II-I-II-VII. Entre A' e B existe uma ponte onde existe a progressão IV-V.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Faith No More - It's Showtime (1992)

GÊNERO: Funk Metal
ORIGEM: EUA (São Francisco-S.F.B.A. / California)
FORMAÇÃO:
Mike Patton (Vocal)
Jim Martin (Guitarra)
Roddy Bottum (Teclado)
Billy Gould (Baixo)
Mike Bordin (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e uma faixa com compasso binário composto em um trecho, e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é bastante denso, existindo frequentes antecipações, acentuações fora do tempo forte, pausas e variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, existindo saltos de até uma oitava de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, pela guitarra, existindo eventuais sobreposições, por parte do teclado, com a inclusão da terça, bem como frequentes riffs de guitarra ou frases do teclado que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo este último responsável por frequentes contracantos. Destaque para a execução dos aranjos vocais por Mike Patton.
.
DESTAQUE: Woodpecker From Mars
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma A-B-A'-B-A'-B'-C-D-A''. O ritmo é bastante denso, principalmente, devido aos arranjos de bateria, além das variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo frequentes cromatismos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais cromatismos, estes sempre meio tom acima do primeiro grau, sendo em A: I-Cr, em B: I-Cr, em C: I-III e em D: I-III-II-Cr.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Exodus - Bonded By Blood (1985)

GÊNERO: Thrash Metal
ORIGEM: EUA (São Francisco-S.F.B.A. / California)
FORMAÇÃO:
Paul Baloff (Vocal)
Gary Holt (Guitarra)
Rick Hunolt (Guitarra)
Rob McKillop (Baixo)
Tom Hunting (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é bastante denso, principalmente, devido aos arranjos de guitarra, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, mas alcançando saltos de até uma oitava de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, estes, eventualmente, invertidos, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, bem como eventuais trechos onde acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias são executados. Destaque para a execução e arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Metal Command
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma I-A-B-C-A-B-C-A'-C'-I'-A-B-C-Coda. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido aos arranjos de guitarra, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma oitava de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, estes, eventualmente, executados de maneira invertida, além de cromatismos em A e B, sendo a introdução (I): I, em A: I-IV6/4-I-Cr-III-Cr-III-I-IV6/4-I-Cr-III-III6/4, em B: I-Cr-VII-I, em C: V-III-I-IV-I-VII-V-III-I-IV-III, e na Coda: I-VII-III-IV-I-II. Em B existe um riff de guitarra entre os acordes com as notas Dó, Si e Lá.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Evil Idols - Drunk Fools Vs. True Till Death (2002)

GÊNERO: Garage Punk
ORIGEM: Brasil (Curitiba / Paraná)
FORMAÇÃO:
Felipe Sad (Vocal, guitarra)
Leonardo Tocha (Guitarra)
Dino Velvet (Baixo)
Lucas Chaves (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às frequentes antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra por Leonardo Tocha.
.
DESTAQUE: Short Tale About Whiskey And A Lady
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma A-A'-B-C-A'-B-C-A-A''-B-C'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às frequentes antecipações, além das pausas em A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a cracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-III-VII, em B: III-IV-III-I, e em C: V-VII-I-III-IV-III. A'' está um tom acima de A.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Dropkick Murphys - Boys On The Docks (1997)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: EUA (Quincy-N.C. / Massachusetts)
FORMAÇÃO:
Mike McColgan (Vocal)
Rick Barton (Guitarra)
Ken Casey (Baixo)
Jeff Erna (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos devido à pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta do acorde como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Mike McColgan.
.
DESTAQUE: Boys On The Docks
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor) e forma A-B-A'-B-A'-B'-A''-B''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos devido à pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta do acorde como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: IV-I-IV-I-V-I, e em B: VII-IV-VII-I. O power chord do quinto grau possui função de dominante.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Doors - Full Circle (1972)

GÊNERO: Rock Psicodélico
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Robby Krieger (Vocal, guitarra, harmonica)
Ray Manzarek (Vocal, teclado)
John Densmore (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 85 bpm. O ritmo possui certa densidade devido às variações de cadência, antecipações e acentuações fora do tempo forte, bem como arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância e frequentes improvisações, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia ajuda a ser caracterizada por eventuais frases, principalmente, da guitarra, existindo frequentes acordes de quinto grau com função de dominante. Destaque para as participações de Charles Lloyd, saxofone em Verdilac e flauta em The Piano Bird; Jack Conrad, Chris Ethridge, Charles Larkey e Leland Sclar, todos tocando baixo, sendo o primeiro em 4 Billion Souls, Good Rockin', The Piano Bird, e The Peking King And The New York Queen, o segundo em Get Up And Dance, o terceiro em Verdilac, e The Piano Bird, e o querto em Hardwood Floor, The Mosquito, e It Slipped My Mind; e Chico Batera e Bobbi Hall tocando percussão em The Piano Bird e The Peking King And The New York Queen, ambos, enquanto o segundo perticipa de Verdilac.
.
DESTAQUE: The Mosquito
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma A-B-A-C-C'-C-C''-D-D'-C-C'''. O ritmo possui certa densidade, principalmente em C e D devido às variações de cadências e improvisações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendoa as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com frequentes riffs e frases que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo executada com eventuais acordes e notas de passagem, estes devido à dissonâncias ou função de dominante (quinto grau em A), sendo em A: V-i, em B: i, em C: i-VII-i, e em D: i. B, C e D têm o primeiro grau caracterizado por riffs, porém todos diferentes.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Dillinger Four - Midwestern Songs Of The Americas (1998)

GÊNERO: Pop Punk
ORIGEM: EUA (Minneapolis-H.C. / Minnesota)
FORMAÇÃO:
Erik Funk (Vocal, guitarra)
Patrick Costello (Vocal, baixo)
Bill Morrisette (Guitarra)
Lane Pederson (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos, principalmente, devido às antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos da melodia por Patrick Costello.
.
DESTAQUE: #51 Dick Butkus
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma A-B-A'-B-A'-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à eventuais antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo acordes de passagem oriundos de cromatismo, sendo em A: I-VII-Cr-I-VII-Cr-Cr-IV, e em B: VII-IV-I-IV-V. O último cromatismo de A é em relação o acorde do quarto grau, enquanto os anteriores são em relação ao acorde de sétimo grau.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Diferentes Actitudes Juveniles - In (1997)

GÊNERO: Hardcore
ORIGEM: Argentina (Buenos Aires / Distrito Federal)
FORMAÇÃO:
Lucky (Vocal)
Federico (Guitarra)
Chulo (Baixo)
Nahuel (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. Os instrumentos de corda estão afinados um tom abaixo do padrão. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às acentuações fora do tempo forte e pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais trechos onde os acordes com a inclusão da terça são executados, estes, eventualmente, de maneira arpejada. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Lucky.
.
DESTAQUE: Los Chicos No Quieren Dormir
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor) e forma I-A-B-A-B-C-A'-D-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às acentuações em A e ao arranjo de guitarra na introdução (I), mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, com exceção de D, onde acordes com a inclusão da terça são executados de maneira arpejada, sendo a introdução (I): I, em A: I-III-VII-IV-III, em B: VI-V-IV-VI-V-I-IV-III-II-III, em C: I-VII-IV-III-IV, e em D: I-VII-VI-V. Entre D e A'' existe uma ponte onde nada mais é do que a progressão: VI-V-IV-VI-VII-VI-V-IV-III-II.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Destruction - Live Without Sense (1989)

GÊNERO: Thrash Metal
ORIGEM: Alemanha (Weil Am Rhein / Baden-Württemberg)
FORMAÇÃO:
Schmier - Marcel Schirmer (Vocal, baixo)
Mike Sifringer (Guitarra)
Harry Wilkens (Guitarra)
Olly - Oliver Kaiser (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido aos arranjos de guitarra e variações de cadência, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, existindo eventuais trechos onde existem saltos de até uma oitava de distância, devido a isto, possui extensão elevada, além de altura pouco elevada, mantendo a tônica e quinta da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, além de eventuais trechos onde acordes com a inclusão de terças ou dissonâncias são executados, estes, geralmente, de maneira arpejada. Destaque para os arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Mad Butcher / Pink Panther
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-C-A-B'-C'-D-A'-B''-E-B-C''-F. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido aos arranjos de guitarra e eventuais variações de cadência, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo eventuais saltos de até uma oitava, deixando a extensão elevada, além da altura pouco elevada, mantendo a tônica e quinta da tonalidade do trecho em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: A5-D5-Eb5, em B: E5-G5-E5-F#5-E5-A5-E5-G5-E5-B5-F5-G5-D5-E5, em C: E5-D5-B5-E5, em D: E5-D5-E5-C5-D5-Eb5, em E: E5-F#5-G5-A5-G5-A5-F#5, e em F: E5-F#5-G5-E5-F5-F#5-G5-C5-B5-F#5-G5-B5-Bb5. Em C existe um riff de guitarra cromático no acorde de E5, que também é o riff da introdução. F é Pink Panther.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Dead Kennedys - Halloween! (1982)

GÊNERO: Skate Punk
ORIGEM: EUA (São Francisco-S.F.B.A. / California)
FORMAÇÃO:
Jello Biafra (Vocal)
East Bay Ray (Guitarra)
Klaus Flouride (Baixo)
D.H. Peligro (Bateria)
.
O single possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido aos arranjos e variações de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, em sua maioria, por power chords, existindo eventuais acordes com inclusão da terça ou dissonâncias, além de eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra por East Bay Ray.
.
DESTAQUE: Halloween
Música com compasso quaternário, tonalidade de Cm (Dó menor) e forma I-A-B-A'-B-C-D-A'-B-E-B-A''-C-D'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às antecipações dos acordes, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, em sua maioria, por power chords, existindo eventuais trechos onde acordes com inclusão de dissonâncias são executados, além de eventuais riffs de guitarra que ajudam a cracterizar a harmonia em questão, bem como a inclusão de um cromatismo (A5) em D, sendo em A: V-VII-I-V-VII-IV-I-III-IV-V-VII-I, em B: IV-III-I, em C: VII-III-I, em D: VII-Cr-I, e em E: V-III-I. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Danzig - Lucifuge (1990)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: EUA (Lodi-B.C. / Nova Jersey)
FORMAÇÃO:
Glenn Danzig (Vocal, teclado)
John Christ (Guitarra)
Eerie Von (Baixo)
Chuck Biscuits (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos, principalmente, devido, às antecipações e acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo eventuais trechos onde acordes com a inclusão da terça são executados, além de frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Glenn Danzig.
.
DESTAQUE: Her Black Wings
Música com compasso quaternário, tonalidade de F#m (Fá sustenido menor) e forma A-B-C-D-B'-C-D'-B''-A-B-C-D''-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos devido à pausas de pequena duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, em sua maioria, por power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-IV-III, em B: I-III-I-IV-III, em C: IV-III-IV-VI, e em D: I-II-VI-IV.

domingo, 29 de novembro de 2009

Damned - Machine Gun Etiquette (1979)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Inglaterra (Londres / Londres)
FORMAÇÃO:
Dave Vanian (Vocal)
Captain Sensible (Guitarra, teclado)
Algy Ward (Baixo)
Rat Scabies (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às dinâmicas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão pouco elevada e altura baixa, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, em sua maioria, por power chords, existindo, eventualmente, acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, estes executados, eventualmente, de maneira arpejada. Destaque para as dinâmicas dos arranjos.
.
DESTAQUE: Love Song
Música com compasso quternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma I-A-B-A-B-C-A'-B-A''. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão e altura pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo a introdução (I): I-V-IV-I, em A: I-V-VI-IV, em B: III-VII-VI-VII, e em C: I-V-VI-IV-VII.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Cyco Miko - Lost My Brain! (Once Again) (1996)

GÊNERO: Skate Punk
ORIGEM: EUA (Sherman Oaks-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Mike Muir (Vocal)
Steve Jones (Guitarra)
Adam Siegel (Guitarra)
Dave Kushner (Guitarra)
Dave Silva (Baixo)
Greg Saenz (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, elevado em eventuais trechos devido à antecipações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, com eventuais trechos onde a inclusão do intervalo de quarta é incluso. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Mike Muir.
.
DESTAQUE: I Love Destruction
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma A-B-C-A-B-C-A'-B-C-A''. O ritmo é pouco denso, elevado em eventuais trechos devido à antecipações harmônicas, principalmente, em A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo a inclusão do intervalo de quarta no acorde, sendo em A: V-IV-II-II11-II, em B: I-III-III11-III, e em C: VII-IV-I-I11-I.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Cult - Ceremony (1991)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: Inglaterra (Bradford / West Yorkshire)
FORMAÇÃO:
Ian Astbury (Vocal)
Billy Duffy (Guitarra)
Scott Thurston (Piano, sintetizador)
Richie Zito (Teclado)
Benmont Tench (Órgão)
Suzie Katayama (Cello)
Charley Drayton (Baixo)
Mickey Curry (Bateria)
Alex Acuña (Percussão)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 95 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos, principalmente, devido aos arranjos individuais de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, existindo saltos de até uma oitava de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia possui eventuais acordes de passagem fora do campo harmônico da tonalidade original, existindo eventuais trechos onde a execução é por power chords. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Ian Astbury.
.
DESTAQUE: If
Música com compasso quaternário, tonalidade de Am (Lá menor) e forma A-B-A'-B'-A'-C-A''. O ritmo é pouco denso, elevado, principalmente, devido ao arranjo do piano, e os acentos no contratempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, dentro do campo harmônico da tonalidade original, com exceção do acorde de quarto grau que é maior devido a um empréstimo modal, e o acorde de quinto grau que possui função de dominante, sendo em A: i-III-VII-IV, em B: i-III-IV-i-III-VII-i-III-IV-i-III-VII-i-VI-VII-i-VI-IV-V-VII, e em C: VI-VII.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Cordoba - Hardcore Punk (2003)

GÊNEROS: Power Violence / Hardcore Melódico / Hardcore / Rap Core / Punk Rock / Street Punk
ORIGEM: Argentina (Cordoba / Cordoba)
BANDAS: Hardlife! / No Reason / Pica Sesos / Gas Letal / Sociedad Nociva / Machalos / Porboya / 250 CTVS / Causa De Accion / Los Bastardos / Noema / Feliz Melancolia / NOD / Daño Cerebral / Super Cuate / Reaxion / Intento De Cambio / Lolita Crisis / Maltrato / Eleccion / Codigo Morse
.
A coletânea possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo possui certa densidade em eventuais faixas, principalmente, devido às acentuações fora do tempo forte ou contratempo, bem como eventuais síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia varia bastante de banda para banda, havendo músicas com extensão elevada, ou não, bem como altura elevada, ou não, variando as notas de referência, porém com a quinta da tonalidade quase sempre presente. A harmonia é executada, em sua maioria, por power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Coletânea lançada pelo selo Fuerza Unida Records.
.
DESTAQUE: GAS LETAL - S.O.S.
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor) e forma I-A-B-C-D-A-B-C-D-E-C-D-D'. O ritmo é pouco denso, sendo que o baixo, eventualmente, perde o pulso da música, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, em graus conjuntos, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência, possuindo altura e extensão pouco elevados. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo a introdução (I): I-VII-VI, em A: I-VII-VI-VII, em B: I-VII-VI-I-III-VI, em C: I-VI-III-VII, em D: V-VI-III-VII, e em E: I-VII-I-VII-I-VII-VI-VII.

sábado, 21 de novembro de 2009

Cólera - Pela Paz Em Todo Mundo (1986)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Brasil (São Paulo / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Redson - Edson Pozzi (Vocal, guitarra)
Val - Valdemir Pinheiro (Baixo)
Pierre - Carlos Pierre Pozzi (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos, principalmente, devido aos arranjos, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos das músicas.
.
DESTAQUE: Alternar
Música com compasso quaternário, tonalidade não definida e forma I-A-B-C-D-E-A-B-C-D-E-A-B'-C-D-E'-A'. O ritmo é pouco denso, apesar das constantes quiálteras em A síncopas em C, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo a quinta do acorde em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: A5-A-B5-B-A5-A, em B: A5-C#5-D5-C#5-A5-B5-D#5-E5-D#5-B5-A5-C#5-D5-C#5-A5, em C: A5-A-G-E-D-A5, em D: A5-G5-F#5, e em E: B5-C5-D5-A#5-A5-A#5-A5. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pela guitarra. Em A existe um riff de guitarra nos acordes A e B com a terça, quarta, quinta e tônica do acorde. Em C existe um riff de guitarra nos acordes A, G, e E com a tônica terça e quarta do acorde, enquanto o acorde D o riff é com tônica, sétima e sexta.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Circle Jerks - Group Sex (1980)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Hermosa Beach-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Keith Morris (Vocal)
Greg Hetson (Guitarra)
Roger Rogerson (Baixo)
Lucky Lehrer (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos, principalmente, devido à pausas ou acentuações fora do tempo forte. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os aranjos e execuções de dinâmica.
.
DESTAQUE: Operation
Música com compasso quaternário, tonalidade de E (Mi Maior) e forma I-A-B-A-B'-A-B-A-B''. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, em graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: III-II-I-II, e em B: VI-IV-V-I-V-VI-IV-III. A introdução (I) nada mais é do que A executado sem vocal.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Buzzcocks - The Peel Sessions (1987)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Inglaterra (Bolton / Greater Manchester)
FORMAÇÃO:
Pete Shelley (Vocal, guitarra)
Steve Diggle (Guitarra)
Garth Davies (Baixo)
John Maher (Bateria)
.
Ep lançado em 1987, porém gravado em 1977. O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos devido aos arranjos, principalmente, de bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a carcterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos.
.
DESTAQUE: What Do I Get?
Música com compasso quaternário, tonalidade de F#m (Fá sustenido menor) e forma I-A-B-A-B-C-B-A'-B'-C-B-A-B-A''. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo a introdução (I): V, em A: V-I-II-V, em B: III-II-V, e em C: I-II-V-IV-I-II. Em A'' existe um acorde de passagem (C5) no final oriundo de um cromatismo.

domingo, 15 de novembro de 2009

Buzzcocks - Buzzcocks (2003)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Inglaterra (Bolton / Greater Manchester)
FORMAÇÃO:
Pete Shelley (Vocal, guitarra)
Steve Diggle (Vocal, guitarra)
Tony Barber (Baixo)
Philip Barker (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à eventuais trechos onde a acentuação é fora do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a carcterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Pete Shelley.
.
DESTAQUE: Wake Up Call
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor) e forma A-A'-A-A'-A-B-A-A'-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em A' devido ao arranjo de guitarra e suas devidas acentuações, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade do acorde em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequente riff de guitarra em A que ajuda a cracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-IV-III-I, e em B: IV-V-I.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Butthole Surfers - After The Astronaut (1998)

GÊNERO: Industrial
ORIGEM: EUA (San Antonio-B.C. / Texas)
FORMAÇÃO:
Gibby Haynes (Vocal, baixo, saxofone)
Paul Leary (Guitarra)
King Coffey (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 90 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à eventuais acentuações fora do tempo forte ou contratempo, bem como eventuais pausas de pouca duração, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha caminha pouco, em graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada através das linhas de baixo e eventuais power chords e efeitos de guitarra. Destaque para os arranjos de bateria por King Coffey.
.
DESTAQUE: Turkey & Dressing
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma A-A'-A-A''-A-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à antecipação no contratempo do terceiro tempo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, sempre por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-III-I-III-IV.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Brujeria - Marijuana (1997)

GÊNERO: Crust Core
ORIGEM: México (Tijuana / Baja California)
FORMAÇÃO:
Juan Brujo - John Lepe (Vocal)
Pinche Peach (Vocal, samples)
Asesino - Dino Cazares (Guitarra)
Hongo - Shane Embury (Guitarra)
El Embrujado - Patrik Jensen (Guitarra)
Fantasma - Pat Hoed (Baixo)
Güero Sin Fe - Billy Gould (Baixo)
Greñudo - Raymond Herrera (Bateria)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido às eventuais pausas, antecipações e arranjos de bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, possuindo altura baixa e extensão pouco elevada, mantendo a tônica e quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords. Destaque para os arranjos ritmicos.
.
DESTAQUE: Matando Güeros '97
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida e forma I-A-A'-B-A'-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à antecipação existente em A e ao arranjo de B, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, possuindo altura baixa e extensão pouco elevada, mantendo a tônica e quinta do acorde como referência. A harmonia é toda executada em power chords, existindo um riff de guitarra em A' que tende a uma confirmação tonal, sendo em A: B5-F5-C#5-D#5-C#5, e em B: D5-B5. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pelo baixo.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Bouncing Souls - Maniacal Laughter (1996)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: EUA (New Brunswick-M.C. / Nova Jersey)
FORMAÇÃO:
Greg Attonito (Vocal)
Pete The Pete Steinkopf (Guitarra)
Bryan Papillon Keinlen (Baixo)
Shal Khichi (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos devido à pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão e altura pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a participação de Johnny X tocando guitarra em The Ballad Of Johnny X.
.
DESTAQUE: No Rules
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma A-B-B'-A'-B-B'-A''-A'''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às pausas de pouca duração em B, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo riffs de guitarra em A, ou mantendo a tônica, ou ajudando a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VII, e em B: I-III-VII.

sábado, 7 de novembro de 2009

Blind Pigs - The Punks Are Alright! (2000)

GÊNERO: Street Punk
ORIGEM: Brasil (Barueri / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Henrike (Vocal)
Gordo (Guitarra)
Pablo (Guitarra)
Mauro (Guitarra, baixo)
Luciano (Guitarra)
Fralda (Baixo)
Arnaldo (Bateria)
Ricardo (Bateria)
.
Álbum lançado em 2000, porém com gravações do período entre 1994 e 1999. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 115 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, em graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos do vocal por Henrike.
.
DESTAQUE: Rotten Genertation
Música com compasso quaternário, tonalidade de C (Dó Maior) e forma I-A-B-C-A-B-C-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido ao arranjo da ponte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, em graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um acorde de passagem na introdução e em B, oriundo da função IV/IV, sendo a introdução (I): IV/IV-IV-IV/IV, em A: VII-II-III-IV-III-II-VII, em B: II-IV-V-VI-V-IV/IV-V-IV-II, e em C: III-I-VI-I-II-III-II-I-VII-I-II-III. A introdução (I) é executada de maneira solo pelo baixo. Sempre depois de A existe uma ponte com a seguinte progressão: E5-D5-B5-D5-B5-C5.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Black Sabbath - Paranoid (1970)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: Inglaterra (Birmingham / West Midlands)
FORMAÇÃO:
Ozzy Osbourne (Vocal)
Tony Iommi (Guitarra)
Geezer Butler (Baixo)
Bill Ward (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 95 bpm. O ritmo é bastante denso, principalmente, devido às acentuações fora do tempo forte e arranjos da bateria, mantendo a figura da cocheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, existindo saltos de até uma oitava de distância, possuindo altura e extensão elevada, mantendo a tríade da tonalidade como referência. A harmonia é, geralmente, executada em power chords, além de frequentes riffs de guitarra e linhas de baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos.
.
DESTAQUE: Rat Salad
Música com compasso quaternário, tonalidade de Gm (Sol menor) e forma I-A-B-A-C-A. O ritmo é extremamente denso, principalmente em C devido ao arranjo de bateria por Bill Ward, à cadência de B, e às quiálteras de A, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A música não possui melodia. A harmonia é executada toda através de riffs de guitarra e no primeiro grau, existindo uma nota de passagem em A (Réb) oriundo de um cromatismo, sendo em A: I, e em B: I. C é executado de maneira solo pela bateria. A introdução possui um riff com as notas Sol, Fá, Ré e Sol, sendo antes de A um riff com as notas Ré, Dó e Sib. Em A existe um riff de guitarra baseado na escala de Sol menor incluso o cromatismo com o Réb.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Biggs - Wishful Thinking (2001)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: Brasil (Sorocaba / São Paulo)
FORMAÇÃO:
Flavia Biggs (Vocal, guitarra)
Mayra Biggs (Baixo)
Brown Biggs (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é pouco denso, elevado em eventuais trechos devido aos arranjos de bateria, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão e altura pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução do arranjo vocal por Flavia Biggs.
.
DESTAQUE: Doubts
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor) e forma A-B-C-A-B-C-A'-B-C'-D. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido ao arranjo de C, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: I-VI-III, em B: VI-VII/vi, em C: VI-I, e em D: I-V-VI-V.

domingo, 1 de novembro de 2009

Beastie Boys - Live Beasties (1998)

GÊNERO: Rap
ORIGEM: EUA (Nova York / Nova York)
FORMAÇÃO:
Ad-Rock - Adam Horovitz (Vocal, guitarra)
MCA - Adam Yauch (Vocal, baixo)
Mike D - Michael Diamond (Vocal, bateria)
Mix Master Mike - Michael Schwartz (DJ)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 90 bpm. O ritmo é bastante denso, principalmente, devido aos arranjos executados por Mix Master Mike, existindo frequentes variações de cadência, pausas de longa ou curta duração, além de acentos fora do tempo forte, o que acontece nos arranjos vocais, aumentando ainda mais sua densidade, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo a quinta ou tônica da tonalidade como referência. A harmonia é bastante variada, isto devido aos samplers escolhidos por Mix Master Mike, quando executada pelos instrumentos, esta é através de power chords. Destaque para os samplers de Mix Master Mike.
.
DESTAQUE: Time For Livin'
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida e forma I-A-B-C-A-A'-B-C-A''. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em A devido à variação de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia pouco, sempre por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo a quinta da tonalidade do trecho em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo em A: E5-G5-A5, em B: A5-B5-E5-B5-G5, e em C: G5-Bb5. A introdução (I) nada mais é do que A executado de maneira solo pelo baixo.

sábado, 31 de outubro de 2009

Bad Religion - The Empire Strikes First (2004)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Greg Graffin (Vocal)
Greg Hetson (Guitarra)
Brett Gurewitz (Guitarra)
Brian Baker (Guitarra)
Jay Bentley (Baixo)
Brooks Wackerman (Bateria, percussão)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido à eventuais arranjos do conjunto, mantendo a figura da clcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, com eventuais trechos onde intervalos de terça são executados, além de eventuais riffs de guitarra que ajudam a carcterizar a harmnia em questão. Destaque para as participações de David Bragger tocando violino em Atheist Peace, Mike Campbell tocando guitarra e John Ginty tocando Hammond B3 em Los Angeles Is Burning e Leopold Ross tocando um alienador sônico em Beyond Electric Dreams.
.
DESTAQUE: The Quickening
Música com compasso quaternário, tonalidade de G (Sol Maior) e forma I-A-B-A'-B-A'-C-A''-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido ao arranjo da introdução, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo eventuais trechos onde intervalos de terça são executados, sendo a introdução (I): IV-III, em A: VI-I-II-IV-III, em B: IV-I-III-IV-VI-V-IV-V, e em C: IV-VI-I-II-III-IV-V.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Bad Brains - I Against I (1986)

GÊNERO: Funk Metal
ORIGEM: EUA (Washington / Distrito Federal)
FORMAÇÃO:
H.R. (Vocal)
Dr. Know (Guitarra)
Darryl Jenifer (Baixo)
Earl Hudson (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 105 bpm. O ritmo é denso, principalmente, devido às acentuações fora do tempo forte e pausas, além dos arranjos de bateria e baixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura pouco elevada e extensão elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo, eventualmente, acordes com a inclusão da terça, além de frequentes riffs de guitarra que ajudam a carcaterizar a harmonia em questão. Destaque para a sincronia entre bumbo e baixo.
.
DESTAQUE: Let Me Help
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-A-B-C-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em A devido à acentuação fora do tempo forte no arranjo do baixo, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, não ultrapassando uma quarta de distância, possuindo altura pouco elevada e extensão elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo um cromatismo em C, sendo a introdução (I): I-VII, em A: I-VII-II-III, em B: V-IV-VI-VII-I-VI-VII-I, e em C: Cr-I. A introdução é executada de maneira solo pela guitarra.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Angry Samoans - The '90s Suck And So Do You (1999)

GÊNERO: Punk Rock
ORIGEM: EUA (Los Angeles-L.A.C. / California)
FORMAÇÃO:
Mike Saunders (Vocal, guitarra)
Alison Wonderland Victor (Guitarra, baixo)
Tony Palmer (Baixo)
Julia Altstatt (Baixo)
Bill Vockeroth (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura baixa e extensão pouco elevada, mantendo a tônica do acorde como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos de guitarra.
.
DESTAQUE: Mister M.D.
Música com compasso quaternário, tonalidade de A (Lá Maior) e forma I-A-B-A-B-C-A'-B-C-A''. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a tônica e quinta do acorde como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo a introdução (I): V-II-IV-III-I, em A: V-II-IV-I, em B: IV-V-IV-III, e em C: I-VI-IV-V. A introdução é executada de maneira solo pela guitarra.

sábado, 24 de outubro de 2009

Alice Donut - Three Sisters (2004)

GÊNERO: Indie
ORIGEM: EUA (Nova York / Nova York)
FORMAÇÃO:
Tom Antona (Vocal)
Michael Jung (Guitarra)
Sissi Schulmeister (Baixo)
Stephen Moses (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compassos quaternário, ternário e binário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo apresenta certa densidade, principalmente, devido à variação de compasso, eventualmente na mesma música, como pela variação de cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com eventuais acordes de passagem e power chords, bem como eventuais execuções arpejadas, existindo, também, eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Tom Antona.
.
DESTAQUE: Up Is Down
Música com compasso quaternário, tonalidade de G (Sol Maior) e forma A-B-A-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido aos arranjos de bateria e variação de cadência de A para B, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo a tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada com eventuais acordes de passagem, oriundos de empréstimo modal, e riffs de guitarra com notas de passagem, em A, executado de maneira arpejada, sendo em A: I-IV/IV-IV, e em B: V-IV-I-V.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

AFI - Dork (1993)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Ukiah-M.C. / California)
FORMAÇÃO:
Davey Havok (Vocal)
Mark Stopholese (Guitarra)
Geoff Kresge (Baixo)
Adam Carson (Bateria, percussão)
.
O Ep possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado em eventuais trechos devido à pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo a tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords. Destaque para a execução dos arranjos.
.
DESTAQUE: Ny-Quil
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor) e forma I-A-B-A-B-A'-B. O ritmo é pouco denso, sendo elevado na itrodução devido à cadência, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo a tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, sendo a introdução (I): IV-III-IV-III-I, em A: I-VII-III-I, e em B: V-III-IV-VII-V-III-IV-III-IV-III-I.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Acid - Acid (1982)

GÊNERO: NWOBHM
ORIGEM: Bélgica (Bruges / Flandres)
FORMAÇÃO:
Kate De Lombaerd (Vocal)
Demon - Donald (Guitarra)
Dizzy Lizzy - Peter (Guitarra)
T-Bone - Pete (Baixo)
Anvill - Geert (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, apesar das eventuais acentuações fora do tempo forte, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura elevada e extensão pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, com eventuais trechos onde acordes com a inclusão da terça são executados, estes, de maneira arpejada. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Kate De Lombaerd.
.
DESTAQUE: Heaven's Devils
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-A-B-C-A-B-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às acentuações fora do tempo forte no aranjo de guitarra, mantendo a figura da semi-colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, com exceção da introdução (I) e de C, onde são executados os acordes com a inclusão das terças pelo piano e guitarra, respectivamente, sendo o último de maneira arpejada, sendo a introdução (I): V-I6/4, em A: I-III-I-IV, em B: VI-IV-VII-VI-IV-III, e em C: I-I2-I-II-III-I-II-VII-I. C está na tonalidade relativa (Sol Maior) e todos acordes estão no modo Maior, servindo de acordes de passagem.

domingo, 18 de outubro de 2009

AC/DC - Live In Concert (1978)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: Austrália (Sydney / New South Wales)
FORMAÇÃO:
Bon Scott (Vocal)
Angus Young (Guitarra)
Malcolm Young (Guitarra)
Cliff Williams (Baixo)
Phil Rudd (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 90 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido aos arranjos de guitarra, mantendo a figura da colcheia cmo a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, em graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo extensão elevada e altura não muito elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, geralmente, com a cadência padrão do rock (I-IV-V), havendo frequentes acordes de passagem oriundos de empréstimos modais ou funções de dominante, além de frequentes riffs de guitarra que ajudam a carcterizar a harmonia em questão. Destaque para as improvisações por Angus Young.
.
DESTAQUE: Gone Shootin'
Música com compasso quaternário, tonalidade de F#m (Fá sustenido menor) e forma I-A-B-A'-A-B-A'-A''-B'-A'-A'''-A'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às acentuações fora do tempo forte nos arranjos de guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por garus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro da cadência padrão do rock (I-IV-V), sendo o primeiro grau com variações, além de eventuais riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo a introdução (I): I, em A: I-I11-i-I, e em B: V-IV-I. Entre A' e A''' existe uma ponte, a qual também é executada no final da música, onde nada mais é do que A executado com arranjo diferente. A introdução possui um riff de guitarra que ajuda a carcterizar a tonalidade, apesar do cromatismo.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

AC/DC - For Those About To Rock (1981)

GÊNERO: NWOBHM
ORIGEM: Austrália (Sydney / New South Wales)
FORMAÇÃO:
Brian Johnson (Vocal)
Angus Young (Guitarra)
Malcolm Young (Guitarra)
Cliff Williams (Baixo)
Phil Rudd (Bateria)
.
O single possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 90 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado devido às frequentes acentuações no contratempo ou tempo fraco, além de frequentes pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo altura e extensão elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico da tonalidade original, existindo eventuais acordes de passagem oriundos de empréstimos modais. Destaque para a dinâmica dos arranjos.
.
DESTAQUE: For Those About To Rock (We Salute You)
Música com compasso quaternário, tonalidade de Bm (Si menor) e forma I-A-B-A'-B-A'-C-B-D-D'-Coda. O ritmo é pouco denso, elevado devido às acentuações no contratempo e tempo fraco, além das frequentes pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo altura e extensão elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada dentro do campo harmônico da tonalidade original, com eventuais trechos onde existem acordes de passagem oriundo de um empréstimo modal, sendo a introdução (I): I-i-I-I11, em A: I-VII-VI-III6-IV, em B: I-III-VII-IV-VI-IV, em C: VII-VI-IV, em D: I-VI-III-VII, e na Coda: I-VII-VI-V-IV-I. A Coda é executada em power chords.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

88 Fingers Louie - Back On The Streets (1998)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Chicago-C.C. / Illinois)
FORMAÇÃO:
Denis Buckley (Vocal)
Mr. Precision (Guitarra)
Joe Principe (Baixo)
John Carroll (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente, devido à eventuais pausas de curta duração, antecipações e frequentes síncopas, além de arranjos específicos de cada instrumento, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha bastante, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes intervalos de terça e riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, além de evenyuais linhas do baixo. Destaque para a execução dos arranjos instrumentais e melódicos.
.
DESTAQUE: 100 Proof
Música com compasso quaternário, tonalidade de Dm (Ré menor) e forma I-A-B-A-B-C-C'-A'. O ritmo apresenta certa densidade, principalmente, em C, existindo frequentes síncopas e colcheias pontuadas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, existindo saltos de até uma quinta de distância, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada, quase toda, em power chords, existindo frequentes intervalos de terça, além de riffs de guitarra e linhas de baixo que ajudam a carcterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-i-III-IV-II, em B: III-II-III-V-IV-III-II-I-VII-VI-VII, e em C: I-III-VII-VI-V-VII. A introdução (I) nada mais é do que A executado com arranjo diferente.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

30 Foot Fall - Ever Revolving, Never Evolving (1999)

GÊNERO: Hardcore Melódico
ORIGEM: EUA (Houston-H.C. / Texas)
FORMAÇÃO:
Butch (Vocal)
Jason (Guitarra)
Rubio (Baixo)
Brian (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo possui certa densidade, principalmente devido aos arranjos específicos de cada instrumente, especialmente, a guitarra, além de frequentes pausas e síncopas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, existindo frequentes contracantos, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords, existindo eventuais trechos onde intervalos de terça são executados, bem como frequentes riffs de guitarra que ajudam a carcterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra por Jason.
.
DESTAQUE: How I Became The Jerk
Música com compasso quaternário, tonalidade de Em (Mi menor) e forma I-A-B-C-A-B-C-D-D'-B'-A'. O ritmo é bastante denso, principalmente em A e D, elevado devido ao arranjo da guitarra, além das frequentes pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada toda em power chords, com exceção da introdução (I), sendo que D está na tonalidade homônima, existindo um acorde de passagem oriundo de cromatismo, sendo a introdução (I): VII7-I7, em A: I, em B: I-VI-III-VII, em C: IV-III-I, e em D: I-Cr-I-III-Cr. Entre C e D existe uma ponte onde nada mais é do que o power chord do primeiro grau executado através de figura de longa duração, enquanto existe um arranjo diferente de bateria.

sábado, 10 de outubro de 2009

7 Seconds - The Crew (1984)

GÊNERO: Hardcore Old School
ORIGEM: EUA (Reno-W.C. / Nevada)
FORMAÇÃO:
Kevin Seconds (Vocal)
Dan Pozniak (Guitarra)
Steve Youth (Baixo)
Troy Mowat (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 120 bpm. O ritmo é pouco denso, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão pouco elevada, ao contrário da altura, que é elevada um pouco, mantendo a quinta do acorde em questão como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes frases do baixo que ajudam na caracterização da harmonia em questão. Destaque para os arranjos de baixo por Steve Youth.
.
DESTAQUE: Clenched Fists, Black Eyes
Música com compasso quaternário, tonalidade de B (Si Maior) e forma A-B-C-A-B-C-C'. O ritmo é pouco denso, apesar da variação de cadência em C', mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha pouco, geralmente, em graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo a quinta do acorde como referência. A harmonia é executada toda em power chords, existindo frequentes frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-VI-IV, em B: V-III/V-Cr-VII, e em C: V-III-I-II. A primeira parte de B (dois primeiros power chords) pertencem a um empréstimo modal, ou seja estão em Si menor, existindo um cromatismo (G5).