segunda-feira, 17 de junho de 2013

Butthole Surfers - The Hole Truth... And Nothing Butt (1995)

GÊNERO: Jazz Core
ORIGEM: EUA (San Antonio-B.C. / Texas)
FORMAÇÃO:
Gibby Haynes (Vocal, saxofone)
Paul Leary (Vocal, guitarra)
Quinn Matthews (Baixo)
Juan Molina (Baixo)
Jeff Pinkus (Baixo)
Scott Matthews (Bateria)
King Coffey (Bateria)
Teresa Nervosa (Bateria)
Cabbage (Bateria)
.
Álbum lançado em 1995, porém com gravações do período entre 1983 e 1993. O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 110 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais variações de cadência, pausas e acentos deslocados do tempo forte, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, existindo eventuais riffs de guitarra e frases do baixo que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para a execução dos arranjos vocais por Gibby Haynes.
.
DESTAQUE: Hurdy Gurdy Man
Música com compasso quaternário, tonalidade de G (Sol Maior), e forma I-A-B-B'-A'-B-B'-B''-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, baseado na escala Mixolídio, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo um acorde de passagem oriundo de empréstimo tonal, bem como eventuais inversões e frases da guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: I-III-IV-V, e em B: IV/IV-IV-I. A introdução (I) nada mais é do que B executado com arranjo diferente.

Nenhum comentário :

Postar um comentário