quarta-feira, 10 de abril de 2019

Dog Faced Hermans - Unbend (1987)

GÊNERO: Jazz Core
ORIGEM: Escócia (Edinburgh / Edinburgh)
FORMAÇÃO:
Marion Coutts (Vocal, trompete, cowbell)
Andy Moor (Guitarra)
Colin McLean (Baixo)
Wilf Plum (Bateria, saxofone)
.
Este é o primeiro single, e primeiro trabalho, lançado pelo grupo, através do selo Demon Radge e gravado no estúdio Makka, em Cambridge. Excelente single lançado pelo grupo, com composições e arranjos bem criativos, acordes dissonantes, embalo, e swing, o grupo demonstra seu talento artístico de maneira bem expressiva. As linhas de baixo também são bem arranjadas e os instrumentos de sopro dão um toque a mais, de maneira positiva, para o arranjo. Vale a pena conferir, apesar de não possuir muitas músicas, não se enjoa de escutar, muito devido à criatividade do grupo.
.
FAIXA A FAIXA:
1) Cruelty. O single inicia com uma música bastante embalada e com ótimas frases de guitarra e baixo. Os acordes dissonantes da guitarra ajudam a deixar o arranjo bem "diferente" e criativo. A bateria mantém o embalo do início ao fim e o trompete também dá um destaque ao arranjo..
2) Incineration. Considero esta a melhor faixa do single, a mais veloz! Mantém as mesmas características da faixa anterior, embalo, dissonâncias e frases do baixo bem criativas. Esta foi a música de trabalho na época, existindo um videoclip de divulgação.
3) Catbrain Walk. Esta é a faixa mais longa do single, a mais jazz e a mais "swingada". Ela se mantém num shuffle do início ao fim, também existindo dissonâncias nos acordes e boas frases do baixo, porém com um clima bem mais intimista, tendo no saxofone o destaque a mais.
Ouça o single e entenda a desdobrar!

Nenhum comentário :

Postar um comentário