quarta-feira, 27 de março de 2019

Dixie Dregs - California Screamin' (2000)

GÊNERO: Jazz
ORIGEM: EUA (Augusta-R.C. / Georgia)
FORMAÇÃO:
Allen Sloan (Violino)
Jerry Goodman (Violino)
Steve Morse (Guitarra)
T Lavitz (Teclado)
Andy West (Baixo)
Dave LaRue (Baixo)
Rod Morgenstein (Bateria)
.
Este é o terceiro álbum ao vivo lançado pelo grupo, após 9 álbuns de estúdio, através do selo Zebra. O álbum foi gravado no The Roxy no final de Agosto de 1999. Embora eu tenha classificado como jazz, é um fusion com influências do rock progressivo e funk. É um álbum instrumental, com muito groove e com músicos de alto nível técnico. É um prato cheio para aqueles que gostam de admirar uma música bem trabalhada e executada, diversas técnicas diferentes em todos os instrumentos, bastante improviso e sincronia. O álbum ainda conta com quatro covers. Na verdade dois covers e duas versões de músicas folclóricas, tradicionais. Vale muito a pena ouvir o álbum, ainda mais para quem admira uma música extremamente bem tocada!
.
FAIXA A FAIXA:
1) Wages Of Weirdness. O álbum inicia com uma excelente faixa, que mostra bem a influência do grupo pelo rock progressivo. A faixa não é muito veloz, e o grande destaque está na sincronia e nos arranjos de guitarra.
2) Peaches En Regalia. Este é o primeiro cover que surge no álbum. A faixa é uma composição de Frank Zappa, gravada, originalmente, em 1969. E esta faixa conta com a participação de Dweezil Zappa tocando guitarra.
3) Freefall. Considero esta uma das melhores faixas do álbum. Mais uma vez, bastante influência do rock progressivo. Os arranjos são ótimos, dando espaço para que todos os instrumentos tenham seu momento. Os acentos deslocados e variações de compasso são o grande destaque.
4) Aftershock. Outra faixa que considero das melhores. Esta já bem mais rock, a faixa mais pesada até então. O destaque está no arranjo entre os instrumentos.
5) The Bash. Outra faixa que considero das melhores, esta já com uma influência bem forte do country, mas com um ótimo embalo. Esta é uma versão do grupo para uma música tradicional norte americana. O grande destaque está na dinâmica e na questão técnica individual de cada instrumento responsável pelo solo.
6) Night Meets Light. Aqui o grupo descansa da "fritação" da faixa anterior. A faixa mais lenta até então, mas uma excelente composição, com questões harmônicas bem interessantes e frases bem expressadas e intencionadas, o que, aliás, é o grande destaque.
7) Refried Funky Chicken. Muito groove, mais uma vez! Ótimo arranjo rítmico, com acentos deslocados do tempo forte, além, é claro, do destaque técnico de cada solista, principalmente.
8) Jessica. Este é o segundo cover do álbum, uma melodia muito conhecida, composta por Dickey Betts e gravada, originalmente, pelo grupo Allman Brothers Band em 1973. Com certeza após ouvir, vocês reconhecerão a melodia principal.
9) What If. Outra composição mais intimista, bem lenta e sutil, sem velocidade, mas com um trabalho de dinâmica sensacional, o que considero o grande destaque.
10) Sleeveless In Seattle. Outra faixa pesada, lembra bastante King Crimson, mostrando a sua influência do rock progressivo. Melodias bem executadas e bem intencionadas.
11) Ionized. Ótimo tema executado pela guitarra, esta faixa já é mais embalada, existindo bons arranjos, eventuais, com sincronia entre os instrumentos. O baixo ganha destaque nesta faixa devido ao seu arranjo.
12) The Great Spectacular. Um dos grandes clássicos do grupo, esta faixa tem um bom embalo e um excelente arranjo, com destaque, mais uma vez, para a guitarra. O tema não é dos mais empolgantes, mas o arranjo faz a diferença.
13) Dixie. O álbum finaliza com mais uma versão do grupo para uma música folclórica norte americana. Provavelmente já devem ter ouvido este tema, é bem conhecido! O arranjo do grupo ganha destaque devido à diversas variações existentes.
Curta o álbum e escute a Califórnia gritando!

Um comentário :

  1. Tem como subir denovo esse album com ambas as bandas por favor?
    http://andamentorapido.blogspot.com/2012/01/blind-justice-split-59-times-pain-1995.html
    Valeu!!

    ResponderExcluir