segunda-feira, 24 de julho de 2017

Against All Authority - Split [Anti Flag] (1996)

GÊNERO: Ska Core
ORIGEM: EUA (Cutler Bay-M.D.C. / Flórida)
FORMAÇÃO:
Danny Lore (Vocal, baixo)
Joey Jukes (Trompete)
Tim Coats (Saxofone)
Tim Farout (Trombone)
Joe Koontz (Guitarra)
Kris King (Bateria)
.
Este é um split Ep lançado, junto com o grupo Anti Flag, pelo selo Records Of Rebellion. Aqui comento apenas sobre o lado do Against All Authority. São três músicas para cada banda, uma de cada lado do Lp 7'. Gosto muito do grupo, e sempre que ouço lembro do pessoal de Montenegro, já que eles gostavam muito de ouvir sons neste tipo, e em especial o Marcinho, que foi quem me apresentou o som. Este Ep tem mais partes street punk do que ska e, este, quando aparece, sempre com as guitarras distorcidas. É um som embalado, com a pronúncia veloz das palavras e aparições sob medida dos instrumentos de sopro, que, aliás, fazem toda a diferença no arranjo das músicas, lembra Suicide Machines. De maneira bem resumida, é um power trio de street punk com instrumentos de metal, vale a pena conferir, gosto muito do som.
.
FAIXA A FAIXA:
1) Nothing To Lose: A melhor música do Ep, bastante embalada e com um refrão empolgante, com as palavras pronunciadas de maneira rápida, existindo eventuais incursões dos instrumentos de sopro, estes, sempre na parte ska, que se mantém no mesmo pique. Excelente composição, embora nada de especial no que diz respeito à questões técnicas.
2) When It Comes Down To You: É a que menos me agrada no Ep, embora não seja nada ruim, mantendo as mesmas características da faixa anterior, embora com menos embalo, existinod um pequeno riff de guitarra para dar um brilho a mais. Refrão sing-a-long, porém veloz.
3) Haymarket Square: A parte ska da música é excelente, o arranjo dos sopros fazem toda a diferença para o arranjo. Nas partes que não têm os sopros, o arranjo é de um street punk bem trivial, com nada de mais, mas, repito, os metais fazem a diferença na música, vale a pena ouvir só para conferi-los!
Ouça o Ep e confira o que rolava em Miami, em termos de ska core, na década de 90!

Nenhum comentário :

Postar um comentário