quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Ted Nugent - State Of Shock (1979)

GÊNERO: Hard Rock
ORIGEM: EUA (Detroit-W.C. / Michigan)
FORMAÇÃO:
Ted Nugent (Vocal, guitarra, percussão)
Charlie Huhn (Vocal, guitarra)
Walt Monaghan (Baixo)
Cliff Davies (Bateria)
.
O álbum possui músicas com compasso quaternário e andamento médio de 100 bpm. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à eventuais pausas e acentos deslocados do tempo forte ou contratempo, bem como frequentes arranjos específicos da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo extensão elevada e altura pouco elevada, existindo saltos de até uma quinta de distância, mantendo as notas da tríade da tonalidade como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça ou dissonâncias, existindo frequentes acordes de passagem, bem como constantes riffs de guitarra que ajudam a caracterizar a harmonia em questão. Destaque para os arranjos de guitarra por Ted Nugent.
.
DESTAQUE: Saddle Sore
Música com compasso quaternário, sem tonalidade definida, e forma I-A-B-A'-B-C-B-A'-B'. O ritmo é pouco denso, sendo elevado, principalmente, devido à arranjos específicos da guitarra, mantendo a figura da colcheia como a mais frequente. A melodia caminha, geralmente, por graus conjuntos, possuindo altura e extensão pouco elevados, mantendo as notas da tríade da harmonia em questão como referência. A harmonia é executada em power chords e acordes com a inclusão da terça, existindo constantes riffs de guitarra, baseados na escala pentatônica de Lá menor, que ajudam a caracterizar a harmonia em questão, sendo em A: A-D-A-D-B-C5-D5, em B: E5-C5-D5-E5-C5-D5-C5-A, e em C: B5-C5-D5-E5-G5-E5-A5-E5. A introdução (I) nada mais é do que B executado com arranjo diferente.

Um comentário :